segunda-feira, 15 julho, 2024
InícioDesign da HomeDestaqueMT deve vacinar 1,2 milhão de pessoas contra a gripe

MT deve vacinar 1,2 milhão de pessoas contra a gripe

Mais de 1,2 milhão de pessoas que fazem parte dos grupos considerados prioritários devem ser vacinadas contra a influenza ou gripe em Mato Grosso.

Neste ano, o Ministério da Saúde decidiu antecipar, para segunda-feira (25), o início da imunização contra a doença, devido ao aumento da circulação de vírus respiratórios no país.

Tradicionalmente, a mobilização nacional é realizada entre os meses de abril e maio.

Para prevenir, o órgão negociou a entrega antecipada das vacinas, que já começaram a ser distribuídas aos estados.

A estimativa é que 75 milhões de brasileiros sejam imunizados.

Em Mato Grosso, do total a ser imunizado, 58,1 mil são crianças de 6 meses a menor de 2 anos; 229,6 mil são meninos e meninas de 2 e 6 anos; 430,4 mil são idosos (acima de 60 anos); 43 mil gestantes; 7,1 mil puérperas; 64,8 mil indígenas vivendo fora ou dentro de terras indígenas; 92 mil trabalhadores da saúde; 119,8 mil pessoas com deficiência (a partir dos 12 anos) e 204 adolescentes em medidas socioeducativas.

A relação estadual inclui ainda 11,4 mil pessoas privadas de liberdade; 3,3 mil funcionários do sistema de privação de liberdade; 99,4 mil pessoas com comorbidades; 48,3 mil professores; 3,2 das forças de segurança; 742 pessoas em situação de rua; 12,3 mil das forças de segurança e salvamento; 48,8 mil caminhoneiros; 4,4 mil trabalhadores do setor de transporte; e 92 portuários.

Em Cuiabá, a Secretaria Municipal de Saúde lança a campanha na Unidade de Saúde Básica (UBS) do Despraiado I e II, a partir das 9 horas.

Porém, a vacinação ocorrerá em todas as unidades básicas da rede.

De acordo com a coordenadora de Vigilância Epidemiológica, Valéria de Oliveira, a Capital recebeu apenas uma parte do quantitativo de vacinas para começar a campanha.

“Até o momento, recebemos um total de 44.800 doses da vacina, o que nos permite iniciar a vacinação, mas esse quantitativo corresponde a cerca de 20% do total do nosso público-alvo”, comentou.

Secretário municipal de Saúde, Deiver Teixeira reforçou a importância da prevenção.

“A vacinação contra influenza é uma medida fundamental para reduzir o impacto da gripe na saúde da população, especialmente daqueles que fazem parte dos grupos prioritários. Além de proteger o indivíduo vacinado, a imunização contribui para diminuir a circulação do vírus na comunidade, protegendo também aqueles que não podem ser vacinados por motivos de saúde. É uma ação de saúde pública essencial, que deve ser incentivada e aderida por todos”, afirmou.

Conforme o Ministério da Saúde, a vacina utilizada é trivalente, ou seja, apresenta três tipos de cepas de vírus em combinação, protegendo contra os principais vírus em circulação.

A pasta informa que a vacina influenza pode ser administrada na mesma ocasião de outros imunizantes do calendário nacional.

“Crianças que vão receber o imunizante pela primeira vez deverão tomar duas doses, com um intervalo de 30 dias”, informou o MS.

Para atingir o público-alvo, entre as estratégias que podem ser adotadas com o planejamento pelos municípios estão a realização do dia “D” de vacinação, busca ativa de não vacinados, vacinação nas escolas, vacinação para além das unidades de saúde, checagem da caderneta de vacinação e intensificação da vacinação em áreas indígenas, entre outros.

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo