Pneunorte
Publicidade
GALPÃO DO ESPORTE
Publicidade
Clinica Andre
Publicidade
DestaqueGERAL

Quase 150 mil trabalhadores não possuem carteira assinada em MT, diz Fiemt

Quase 150 mil trabalhadores não possuem carteira assinada no estado, segundo o presidente da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Gustavo Oliveira. O principal motivo para um emprego informal é a falta de qualificação que foi agravada pela pandemia da Covid-19 e a crise econômica.

Em uma reunião nesta segunda-feira (18), com o governador Mauro Mendes (União Brasil), em Cuiabá, foram discutidas ações para qualificar os trabalhadores. Além disso, foi apresentado um plano de empregabilidade.

De acordo com o presidente, mais de 250 mil pessoas precisam legalizar os empreendimentos ou buscar um trabalho com carteira assinada para ter os direitos garantidos.

“Muitas empresas tem vagas abertas, mas têm dificuldade de encontrar profissionais prontos. Houve uma conversa com o setor produtivo para entender quais são as demandas e estruturar programas de capacitação para esses empregos”, disse.

As crises econômicas e a pandemia da Covid-19 são alguns dos motivos que os trabalhadores não buscaram qualificação, segundo o presidente.

“Em um país que passou por tantas crises nos últimos anos, as empresas e as pessoas deixaram de investir em qualificação e nesse tempo de retomada econômica o tempo é curto, tem muita caga que precisa de um, dois anos de trabalho para se qualificar e as empresas não podem esperar”, disse.

Fonte
Por Caroline Mesquita e Luiz Gonzaga Neto, g1 MT e TV Centro América
Prestiberiana Interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES
Skip to content