segunda-feira, 15 abril, 2024
InícioDesign da HomeDestaque com FotoMT: Operação cumpre prisões e buscas de integrantes de bando que roubou...

MT: Operação cumpre prisões e buscas de integrantes de bando que roubou R$ 2 milhões em defensivos

A Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) prendeu nesta quarta-feira (06.12), em Rondonópolis, na Operação Agro Guard, dois criminosos envolvidos no roubo de defensivos agrícolas de uma propriedade rural no município de Paranatinga. Os produtos roubados estão avaliados em, aproximadamente, R$ 2 milhões.

Foram cumpridos dois mandados de prisão e buscas contra dois criminosos identificados como parte do bando que roubou a fazenda.

Na madrugada do dia 19 de novembro, um bando armado chegou pelo mato e invadiu a fazenda em Paranatinga. Os criminosos usavam armas longas e renderam as vítimas, funcionários da propriedade, recolhendo seus os celulares.

Conforme declararam as vítimas, os criminosos não perguntaram sobre os defensivos e apenas afirmaram que já tinham conhecimento do local onde estavam armazenados os produtos.

Investigação

Após ser comunicada do roubo, a equipe da GCCO fez diversas diligências na propriedade e na região a fim de identificar os veículos e as rotas usadas pelos criminosos e chegar à identidade do bando. As diligências contaram com apoio da equipe da Delegacia de Paranatinga. 

Entre os carros usados pelos criminosos estava um veículo modelo GM Ônix, que foi locado em uma empresa em Rondonópolis, e um caminhão usada para transportar os produtos agrícolas.
As diligências resultaram na identificação de T.A.D.A., a pessoa responsável pela locação do Ônix, e um segundo suspeito também identificado que estava no mesmo veículo.

Diante das informações coletadas nas diligências, a GCCO representou à Comarca de Paranatinga pelas prisões e buscas, cumpridas nesta quarta-feira, em Rondonópolis. Durante a operação foram apreendidos celulares e uma camionete modelo Hilux.

T.A.D.A., de 28 anos, tem diversos registros criminais nos estados de Mato Grosso e Goiás, entre eles roubou de veículo na cidade de Jataí, em 2019.

O outro criminoso preso, W. L.D.S., de 29 anos, já foi investigado e preso pela GCCO na Operação Piratas do Agro, deflagrada em março do ano passado, em Rondonópolis.

A equipe de investigação da GCCO apurou ainda que um dos criminosos ostentava padrão de vida incompatível, com modelos de telefones celulares, joias e relógios caros, veículo de luxo, entre outros bens. 

O delegado responsável pela operação, Antenor Pimentel Marcondes, destaca que a partir das prisões e apreensões, a GCCO aprofundará as investigações para identificar os demais participantes do roubo. “Possibilita ainda desarticular a logística de venda dos produtos e inibir os receptadores, aumentando exponencialmente a chance de êxito na recuperação dos defensivos”, observou o delegado.

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo