Pneunorte
Publicidade
Banner Prefeitura Paranaíta
Publicidade
W3NT
Publicidade
CIDADESDestaque com Foto

Ministério Público e Sema investigam possível contaminação no Rio Peixoto em MT

O Ministério Público Estadual e a Secretaria de Meio Ambiente (Sema) estão investigando as causas de uma possível contaminação no Rio Peixoto, em Peixoto de Azevedo, a 692 km de Cuiabá. As primeiras fiscalizações apontaram que não houve rompimento de barragem nas proximidades.

No sábado (16), técnicos da Sema e da Defesa Civil do município apuraram as denúncias de contaminação no Rio Peixoto, no Distrito de União do Norte e não encontraram nada que comprovasse o possível rompimento da barragem.

A agência de Saneamento de Peixoto de Azevedo coletou água para análise em diversos pontos do rio e o resultado deve sair nos próximos dias.

A mineradora que fica próxima ao rio também foi vistoriada e não foram encontradas irregularidades, segundo a nota emitida pelo Ministério Público Estadual.

Em nota, a Promotoria de Justiça e a Secretaria de Meio Ambiente afirmaram que nas investigações preliminares apontam que não houve o rompimento de barragens e que a mudança na coloração da água se deu principalmente pela extração ilegal de minério nas margens do Rio Peixoto e por causa das chuvas intensas nos últimos dias na região, e por isso o rejeito e sedimentos de solo foram levados para o rio.

Fonte
João Carlos Morandi, TV Centro América
Contal interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES