quarta-feira, 17 abril, 2024
InícioDesign da HomeDestaque com FotoPMMT treina 551 novos policiais para atuarem na segurança da população a...

PMMT treina 551 novos policiais para atuarem na segurança da população a partir de 2024

A Polícia Militar de Mato Grosso (PMMT) está com 551 novos soldados e oficiais em treinamento para atuarem na segurança da população mato-grossense. O reforço no efetivo irá beneficiar todos os 142 municípios mato-grossenses, de acordo com o comandante-geral da Polícia Militar de Mato Grosso, coronel Alexandre Corrêa Mendes.

“É sempre um momento importante a entrada de novos policiais para a corporação e o governador Mauro Mendes trouxe isso com um número alto de convocações, em conjunto com muitos investimentos para a Polícia Militar. Nossos alunos estão sendo capacitados com a melhor qualidade possível e serão, a partir do ano que vem, o nosso reforço de efetivo, fazendo com que todos os municípios tenham o policiamento necessário para levarmos segurança de qualidade para todos os cidadãos mato-grossenses”, destacou.

A formação dos soldados termina em 2024 e eles já irão atuar nas ruas e, os oficiais, concluem o curso em 2025.

Sibele Vieira de Araújo, de 36 anos, moradora de Rondonópolis, é um dos 516 alunos do Curso de Formação de Soldados da PMMT (CFSD). Ela afirmou que todos os dias tem vivenciado novas experiências, durante a formação.

“Me sinto honrada por estar me tornando uma guardiã da sociedade mato-grossense. Somos aqueles que vamos correr o perigo para a proteção do próximo”, afirmou.

O caminho para a futuro soldado não foi fácil. Sibele precisou desistir de uma aprovação anterior por questões familiares, mas viu no concurso realizado pelo Governo do Estado, em 2022, uma nova chance para trilhar o seu sonho.

“Em 2008 fiz o concurso e obtive êxito, mas precisei desistir naquela oportunidade. Com o tempo, minha admiração pela PM e vontade de estar na instituição só foram aumentando. E, em 2022, me vi novamente diante de uma grande oportunidade, recebi muito incentivo dos meus familiares e de amigos. E aqui estou, e me orgulho em saber que estou em um curso de formação, com muito investimento do Estado, onde vamos sair altamente capacitados para servir a sociedade”, completou a aluna.

O concurso para a Segurança Pública de Mato Grosso foi um dos mais aguardados pela população mato-grossense. Anunciado em janeiro de 2022, as provas foram realizadas no mês seguinte, com os aprovados prestando as demais etapas previstas, como análises de documentos e os Testes de Aptidões Físicas (TAFs), nos meses seguintes.

Em março de 2023, o governador Mauro Mendes anunciou a convocação dos aprovados para o início das formações. Para a PMMT, 550 aprovados foram convocados, entre os quadros de soldados e oficiais, mas houveram algumas desistências no decorrer do curso.

Renan Ávila também foi um dos convocados para o curso de soldado. Antes professor de Física, decidiu se dedicar integralmente à carreira militar. “A vontade de encarar o concurso da Polícia Militar brotou da mistura empolgante de desafios, aventura, senso de dever cívico e desejo de fazer a diferença na comunidade. À medida que conheci mais sobre a profissão, desenvolvi um respeito profundo e um verdadeiro gosto pelo trabalho policial”, contou.

As aulas dos cursos de formações foram iniciadas em julho deste ano e possuem etapas específicas. Na formação de soldados, o curso tem previsão de duração de dez meses. Atualmente, esses alunos realizam o estágio supervisionado com policiamento nas ruas, em Cuiabá e Várzea Grande.

Para Renan, a fase tem sido empolgante. “Está sendo uma experiência intensa e desafiadora. A sensação de adrenalina, responsabilidade e a busca por manter a ordem e a segurança, aplicando corretamente o treinamento recebido. Mas também tenho percebido o bom recepcionamento da população ao avistar as equipes, levando a uma conexão positiva, construindo confiança e promovendo um ambiente seguro para a sociedade”, revelou.

Experiência e novos desafios

Para os quadros de oficiais da instituição foram convocados 35 aprovados, sendo que cinco são médicos da PMMT, enquanto 30 alunos completam a 22ª turma do Curso de Formação de Oficiais (CFO).

Alguns alunos do curso já são policiais militares e viram no concurso a oportunidade de alcançar novos postos na corporação, como Ediney de Meira Jesus, de 41 anos. Egresso do 21º Curso de Formação de Soldados, em 2000, o atual aluno do CFO contou sobre o orgulho de estar na instituição e servir a sociedade, com o incentivo do pai que já foi militar do Exército e de amigos próximos, sendo mais um estímulo para continuar estudando e passar pela segunda vez por uma formação da PMMT.

“A rotina tem sido bastante intensa, com muitas aulas teóricas e práticas, com processo de ensino voltado essencialmente à formação militar, com as atividades finalísticas da Polícia Militar. A qualidade no atendimento, resposta legal, proporcional e necessária à criminalidade, tem sido uma preocupação constante no Curso de Formação de Oficiais”, explicou.

O aluno ainda destacou que a modernização da estrutura da Polícia Militar, com armamentos, viaturas e equipamentos de última geração, tem feito a formação ser muito mais qualificada, dando segurança para que os futuros policiais possam atuar nas ruas de maneira eficaz.

“A PMMT está passando por uma evolução sem precedentes nos últimos anos. Eu vivenciei isso, pois cheguei a trabalhar onde nós não tínhamos coletes balísticos para todos os policiais, as armas de fogo eram antigas e as viaturas precárias. Todas essas mudanças se voltam para o sentido comportamental, pois com isso a PMMT tem buscado uma metodologia diferenciada para formação dos novos policiais militares, acompanhando a evolução do corpo social e de suas ferramentas”, afirmou.

A aluna do CFO, Karoliny Borges Pereira, de 28 anos, também é uma egressa do curso de formação de soldados. Ela conta que conheceu e se apaixonou pela disciplina militar ao estudar na Escola Tiradentes, em Cuiabá. Ingressou na corporação no ano de 2014 como soldado, estudou para o novo concurso e foi aprovada no CFO, em 2022.

“Aos 18 anos fui aprovada no concurso para soldado e desde então, os objetivos profissionais passaram a ser uma ascensão que me levasse até o oficialato, passando a me dedicar para ser aprovada no CFO. Foi então que no ano de 2022, após incansáveis horas dedicadas aos estudos que obtive a aprovação no tão sonhado curso”, comentou a aluna.

Na corporação, Karoliny viu de perto alguns avanços realizados pelo Governo do Estado e avaliou que a soma da modernização com o reforço do efetivo é um ganho para todos.

“Sempre imaginei a Polícia Militar como um dos pilares da sociedade, sendo ela a responsável pela preservação da ordem pública e a instituição que o cidadão confia e se sente protegido. Os avanços, como a aquisição de equipamentos de qualidade, rádios digitais, treinamentos constantes e estruturas físicas dos quartéis, possibilitam uma melhor qualidade de trabalho para os policiais, fortalecendo a instituição e trazendo segurança e capacidade ao policial”, afirmou.

Os alunos em formação de oficiais receberam, em setembro deste ano, a qualificação como cadetes. A expectativa é que os alunos do CFO comecem a realizar as etapas do estágio supervisionado a partir das próximas semanas. Os novos oficiais da Polícia Militar de Mato Grosso devem realizar suas formações completas ao final de dois anos.

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo