Pneunorte
Publicidade
Banner Prefeitura Paranaíta
Publicidade
W3NT
Publicidade
POLÍCIA

Alta Floresta: organização criminosa pode ter mandado executar ex-presidiário

Weverton dos Santos, um jovem de 19 anos, conhecido pela alcunha de Cabelo de Bruxa, teve a vida ceifada de forma violenta e sem chance de qualquer defesa. Autor de diversos delitos, ele estava preso até o último dia 20. Saiu por volta das 16 horas da Cadeia Pública de Alta Floresta.

Era uma terça-feira e quando foi no sábado à noite passou a ser apontado já como autor de um roubo a um hotel no Setor J, domingo o principal suspeito de assalto em uma pizzaria no Cidade Alta e na segunda-feira à tarde mais um crime contra pessoa em uma conveniência. Restavam menos de 24 horas para completar uma semana da liberdade do ex-reeducando, mas quando estava em casa dormindo uma pessoa chegou, arrombou a porta e o executou com muitos disparos de pistola, principalmente na cabeça.

Os familiares da vítima e alguns conhecidos chegaram a comentar que um carro passou diversas vezes na frente da casa antes do fato. A cor preta é um detalhe do veículo, mas poucos foram os detalhes na informação que pode levar a Polícia Civil ao autor do assassinato. Contudo, naquele momento já era lembrado também que tempos atrás o jovem sofreu pelo menos duas tentativas de homicídio. Dessa vez no entanto, o crime foi executado e o jovem que um dia tinha sonhos de se tornar jogador de futebol, mas acabou entrando na vida do crime para não sair mais, terminou morto quando estava dormindo.

Em redes sociais, mensagens que circulavam principalmente em grupos de Whatsapp, apontavam que uma organização criminosa poderá ser a responsável pela morte, alegando que Weverton mesmo diante de vários ‘salves’ não aprendeu lições e continuou praticando ações até mesmo contra a família – organização – e contra pessoas de origem menos favorecida e que por isso iriam tomar providência.

A Polícia Civil está com as informações e investiga para saber procedência. No entanto, um investigador deixou escapar que não descarta realmente foi uma vítima de assassinato, sentenciado por uma organização criminosa. O caso no entanto, segue investigado.

BEIRA RIO INTERNO

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES