Pneunorte
Publicidade
GALPÃO DO ESPORTE
Publicidade
Clinica Andre
Publicidade
POLÍCIASlideshow

Alta Floresta: mulher encontrada em carro foi morta com golpe de faca e teve corpo parcialmente queimado; dívida por drogas seria motivação

O homem identificado como autor do feminicídio de uma mulher encontrada morta dentro de um veículo na manhã desta quinta-feira (19.05) no município de Alta Floresta foi preso em flagrante pela Polícia Civil poucas horas depois do crime. A motivação do crime seria uma dívida de drogas.

Após ser identificado, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Alta Floresta, onde foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio, tentativa de destruição de cadáver e fraude processual (uma vez que tentou alterar a cena do crime).

O corpo da vítima, Aniely Alves de Souza, de 29 anos, que também usava o pseudônimo de “Fernanda Moreno”, foi localizado por volta de 08h50, parcialmente queimado, no interior de um veículo Toyota Corolla, estacionado na região central de Alta Floresta.

Assim que foi acionada dos fatos, a equipe da Polícia Civil esteve no local, e durante os trabalhos uma das equipes verificou câmeras de segurança da região, identificando o momento em que a mulher chegou no veículo, estacionou em frente a uma residência e entrou pelo portão, enquanto outra pessoa ficou aguardando do lado de fora.

Em continuidade as diligências, os policiais entrevistaram o morador da casa que o veículo estava estacionado na frente, que durante a conversa apresentou bastante nervosismo ao responder as perguntas, apresentando diversas contradições.

Durante os questionamentos das informações apresentadas, o suspeito decidiu confessar o crime, revelando que matou a vítima com uma faca de serra em decorrência de uma dívida de drogas que ele tinha com ela.

Após a vítima cair no chão, o suspeito a colocou dentro do veículo e ateou fogo no corpo, que só não queimou tudo, pelo fato das portas terem sido fechadas evitando a entrada de oxigênio, extinguindo as chamas.

Diante das evidências, o suspeito foi conduzido à Delegacia de Alta Floresta e após ser formalmente interrogado pelo delegado Thiago Marques Berger foi autuado em flagrante pelos crimes de feminicídio, tentativa de destruição de cadáver e fraude processual.

“A perícia preliminar realizada pela Politec apontou o uso de arma perfuro cortante na execução do crime, o que corrobora com a narrativa do suspeito, que foi preso em flagrante graças a rápida atuação da Polícia Civil na apuração dos fatos”, disse o delegado.

Levantamentos apontam que a vítima trabalhava como acompanhante de luxo, se apresentava com o nome de “Fernanda Morena” em uma página destina a divulgar os serviços prestados. Em seu perfil, que já foi deletado, ela relata que cobrava R$ 300,00 por uma hora de acompanhamento, realizando atendimento à domicílio, festas/eventos, hotéis, local próprio e motéis.

A vítima em seu perfil relata ser de Goiânia/GO, mas residia em Alta Floresta.

Fonte
Redação Notícia Exata com Assessoria Polícia Civil
Contal interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES
Skip to content