Pneunorte
Publicidade
Banner Prefeitura Paranaíta
Publicidade
W3NT
Publicidade
AGRONEGÓCIOSSlideshow

Reunião em Alta Floresta define a implantação de mais um Centro de Treinamento do Senar-MT

Aconteceu ontem quarta-feira (17.11), em Alta Floresta, uma reunião para discutir a implantação de mais um Polo Tecnológico, também chamado de Centro de Treinamento (CT), do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT). Desta vez, a ideia é construir o centro no município de Alta Floresta. A estrutura atenderá mais de 20 municípios da região.

O encontro teve a presença dos presidentes dos Sindicatos Rurais da Regional. Além disso, também contou com a presença do prefeito de Alta Floresta Chico Gamba, secretários municipais e lideranças do setor agropecuário de toda a região.

Apesar de ter sido a primeira reunião, os presidentes ficaram otimistas com a possibilidade da implantação do CT, em Alta Floresta. O superintendente do Senar-MT, Francisco Olavo Pugliesi de Castro, popularmente conhecido como Chico da Paulicéia explicou que o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) está fazendo um estudo de viabilidade de implantação. “É este estudo que vai nos mostrar a necessidade da região e em que devemos investir primeiro”.

Mesmo tendo que esperar o resultado do estudo do Imea, o presidente de Alta Floresta, Walmir Naves Coco já disponibilizou uma área de 30 hectares que é de propriedade do Sindicato Rural para a construção do CT. “Conversei com a diretoria e temos o apoio de todos. O próximo passo é fazer colocar este assunto para ser discutido em assembleia. Em seguida vamos providenciar a documentação o mais rápido possível. Acredito que em janeiro já possamos começar os treinamentos na área onde será construído o CT”.

Coco destaca ainda que não há como descrever os benefícios que este polo tecnológico trará para a região. Além de contribuir com o desenvolvimento econômico, este CT vai atender um grande gargalo do setor agropecuário que é a mão de obra qualificada. “Estamos ampliando nossa área de agricultura e a pecuária que está se modernizando e que também está carente de mão de obra”.

O presidente do Sindicato Rural de Nova Monte Verde, Robson Marques, declara que todos apoiam a iniciativa do Senar-MT de dar visibilidade ao trabalho do produtor rural da região, construindo uma estrutura como a do CT em Alta Floresta. “Vamos trabalhar para que este projeto se torne realidade o mais rápido possível”.

E, assim como as demais lideranças que participaram da reunião, Lucinei Buch Medici, presidente do Sindicato Rural de Carlinda também acredita que a construção do CT em Alta Floresta contribuirá muito com o desenvolvimento econômico da região. “É a oportunidade de trazer cursos, qualificação e capacitação para os nossos produtores e trabalhadores rurais”.

Lucinei diz ainda que em seu município a agricultura está surgindo com muita força. “E nós precisamos investir no tripé formado pelo social, sustentável e o desenvolvimento econômico”. Ela acrescenta ainda que além de formar mão de obra também vai trazer mais conhecimento e informação para os profissionais que já atuam na área. “A consequência é melhoria na renda e aquecimento da economia local”.

Fonte
Assessoria de Imprensa - Senar/MT
Contal interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES