quarta-feira, 22 maio, 2024
InícioAGRONEGÓCIOSImea estima queda de R$ 53,9 bilhões na produção de MT

Imea estima queda de R$ 53,9 bilhões na produção de MT

A produção agropecuária de Mato Grosso deverá ter uma queda de R$ 53,91 bilhões neste ano por conta das quedas dos preços e a redução das lavouras de soja e milho. A informação é do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), que divulgou o relatório de Valor Bruto da Produção na última semana.

“A segunda projeção do Valor Bruto da Produção Agropecuária de Mato Grosso para o ano de 2024 indica queda de 26,62% em comparação com a sexta estimativa de 2023, totalizando R$ 148,60 bilhões. Este declínio é resultado, principalmente, da queda expressiva nos preços das culturas agrícolas, juntamente com a expectativa de redução na produção de soja e milho”, diz trecho do documento, que lembra que em 2023 o montante foi de R$ 202,51 bilhões.  

A informação confirma a preocupação do governo Mauro Mendes (União), que anunciou no início do ano um contingenciamento de recursos de até 30% para evitar um desiquilíbrio fiscal. O Estado continua estudando o cenário de cada secretaria para anunciar as medidas de austeridade fiscal da gestão.  

O relatório ainda aponta que, no caso da produção de soja, a queda será de 34,11% em comparação com a estimativa de 2023, totalizando R$ 65,16 bilhões. Já no ano passado o valor ficou em R$ 101,93 bilhões. Essa será a 1ª queda do Valor Bruto da Produção de soja desde 2013.  

“Esse resultado é atribuído principalmente à redução expressiva no preço da soja, juntamente com a expectativa de uma menor produção no estado, devido às condições climáticas adversas que prejudicaram o desenvolvimento da safra”, completa o relatório.  

Há também previsão de recuo na produção de milho e algodão, sendo o primeiro com uma queda de R$ 40,64 bilhões em 2023 para R$ 24,67 em 2024. Já o segundo terá uma queda baixa de menos de 10%, de R$ 26,43 bilhões para R$ 23,89 bilhões.  

Contudo, o arroz, feijão e cana-de-açúcar apresentam projeções de crescimento de, respectivamente, 28,86%, 11,97% e 11,9%.  Com relação à pecuária, o VBP da bovinocultura de corte foi estimado em R$ 22,89 bilhões. A queda de 2,89% em relação a 2023 é “impulsionada, principalmente, pelo acentuado recuo no preço da arroba”. 

O Imea projeta, em 2024, queda de 0,13% no VBP mato-grossense de suínos.  

“Tal cenário é reflexo da expectativa de diminuição nos abates de suínos, especialmente, os oriundos dos produtores independentes do Estado”, diz o relatório.   

No setor avícola, o Imea estima aumento de 1,02% no Valor Bruto da Produção no Mato Grosso. “Esse aumento é reflexo da valorização nos preços, impulsionada pelas altas nos custos de produção, especialmente nos preços dos insumos”.

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo