quarta-feira, 28 fevereiro, 2024
PREFEITURA ALTA FLORESTA - DENGUE
InícioAGRONEGÓCIOSAcrimat orienta pecuaristas a buscarem renegociação em meio a desafios econômicos

Acrimat orienta pecuaristas a buscarem renegociação em meio a desafios econômicos

Diante dos desafios enfrentados pelos pecuaristas, marcados pela instabilidade nos preços da arroba, a redução dos índices de chuvas e a incerteza na conjuntura econômica, surge uma preocupação crescente sobre a capacidade dos produtores em honrar compromissos financeiros, especialmente aqueles que buscaram crédito para custear e expandir suas operações. A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat), vem buscando soluções para o produtor e sugere como enfrentar este problema que vem tirando o sono do pecuarista.

Com pouca a curto e médio prazo, muitos pecuaristas podem enfrentar dificuldades para honrar as prestações de financiamentos ao longo deste ano. Em meio a esse cenário desafiador, é importante destacar que, de acordo com o Manual do Crédito Rural do Banco Central do Brasil, existe a possibilidade de renegociação para aqueles que comprovarem dificuldades temporárias de pagamento, em virtude de situações específicas.

O manual ainda prevê que as instituições financeiras estão autorizadas a prorrogar a dívida com os mesmos encargos financeiros originalmente pactuados, desde que a pessoa comprove problemas de fluxo de caixa temporário influenciado pela dificuldade de comercialização dos produtos, frustração de safras por fatores adversos ou ocorrências prejudiciais ao desenvolvimento das explorações.

Diante dessa oportunidade de renegociação, os pecuaristas que possuem operações de financiamento com parcelas a vencer se enquadram nas hipóteses citadas. Sendo assim, para aqueles interessados em prorrogar o vencimento de seus financiamentos de crédito rural, o processo envolve algumas etapas. Confira:

Consulta à Assistência Técnica/Profissional:

Produtores devem procurar seus assessores técnicos ou profissionais responsáveis pela elaboração de seus projetos e solicitar um laudo técnico que demonstre a oscilação dos preços da arroba de bovinos, os danos às pastagens causados pela escassez de chuvas, a avaliação da perda de produtividade devido à redução da oferta de alimento ao rebanho, além de citar o volume pluviométrico de anos/períodos anteriores, estimativas de prejuízos e a perspectiva de recuperação dos problemas apontados.

Elaboração de Fluxo de Caixa:

Os produtores devem preparar um fluxo de caixa que reflita as alterações provocadas pelo conjunto de problemas mencionados na etapa anterior.

Encaminhamento Formal ao Banco:

Com os documentos em mãos, os produtores devem encaminhar formalmente a solicitação de renegociação ao seu gerente no banco e acompanhar a avaliação na agência.

Viveiro interno

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo