Pneunorte
Publicidade
Mercado União 385
Publicidade
Clinica Andre
Publicidade
ManchetesPOLÍCIA

Motorista de carreta flagrado por tráfico em MT disse que receberia R$ 50 mil para transportar cloridrato de cocaína ao interior de SP

O motorista de uma carreta, preso em flagrante pela Polícia Civil transportando 315 quilos de cloridrato de cocaína, declarou que receberia R$ 50 mil para levar a droga até o interior de São Paulo. 

Ele foi preso na quarta-feira (13), na BR-364, próximo ao Trevo do Lagarto, pelas equipes da  Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO) da Polícia Civil. 

No caminhão, os policiais civis localizaram 292 tabletes de cloridrato escondidos em um compartimento grosseiramente feito na cabine da carreta. O material apreendido representa prejuízo de, aproximadamente, R$ 7 milhões a organização criminosa ligadas ao tráfico.

Os policiais da unidade especializada realizaram buscas nas rodovias BR-364 e MT-246, que ligam a Capital ao médio-norte do estado para apurar uma denúncia de roubo a uma carreta. Durante as diligências, as equipes avistaram o caminhão Mercedes Benz/1944, com semirreboque, com características semelhantes às do veículo roubado. Ao ser abordado na entrada de Várzea Grande, o motorista se mostrou bastante nervoso, o que chamou atenção dos policiais.

Os tabletes de cocaína estavam escondidos no fundo e teto da cabine. Em entrevista aos policiais, o motorista declarou que a droga seria levado ao estado de São Paulo.

“A rota da droga é o interior de São Paulo. O cloridrato não é um entorpecente fácil de apreender em função da dificuldade que os próprios criminosos criam para tentar despistar a atuação da polícia”, comenta o delegado Vitor Hugo Bruzulato Teixeira, da GCCO.

Fonte
Raquel Teixeira | Polícia Civil-MT
Viveiro interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES
Skip to content