Pneunorte
Publicidade
Mercado União 385
Publicidade
Clinica Andre
Publicidade
DestaqueGERAL

MT: ação de fiscalização da PRF flagra 41% dos veículos com problemas nos freios pela BR-163/364/MT

Dos veículos de carga que passaram pela BR-163/364/MT durante a ação de fiscalização de freios, 41% apresentavam algum defeito no sistema de frenagem. A operação realizada pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com a Concessionária Rota do Oeste busca verificar a situação dos caminhões e carretas que passam pelo principal corredor de escoamento de produção agrícola do país e orientar os condutores sobre a manutenção veicular.

A ação foi realizada em dois pontos. Na BR-364 ao sul de Mato Grosso, onde a rodovia sobrepõe a BR-163, a atividade aconteceu no km 319, em Campo Verde, entre os dias 19 e 20 de maio. A escolha do local foi estratégica por anteceder a descida da Serra de São Vicente, onde a boa funcionalidade dos freios é de suma importância para trafegar no terreno íngreme. Já entre os dias 25 e 26, a PRF e a Rota do Oeste se reuniram em Rondonópolis, no posto de fiscalização localizado no km 211, para a operação.

Do total de veículos com falhas, a maior parte apresentava isolamento dos freios. A prática é uma tentativa de retardar a manutenção dos freios ABS, mas representa sérios riscos aos ocupantes do veículo como explicou o diretor de Operações da Rota do Oeste, Wilson Ferreira: “Sem o funcionamento pleno do sistema de freios o veículo está sujeito a instabilidade e a perda do controle do condutor. O resultado pode ser acidentes graves ou até fatais.” Ferreira alerta ainda para o condicionamento adequado da carga nos caminhões e carretas, outro fator que, caso defasado, causa acidentes por perda de controle veicular. “Essa atitude coloca em risco não apenas a vida do condutor, mas dos demais usuários da rodovia e das equipes de socorro médico e mecânico também”, conclui.

Para que os condutores não sigam viagem correndo riscos devido ao mau funcionamento dos freios, o chefe da delegacia da PRF em Campo Verde, Márcio Júnior, esclarece que o veículo é retido pela PRF no local da fiscalização até a resolução do problema. Caso a adequação não seja viável de imediato, o veículo é levado ao pátio da PRF até que o reparo seja feito. “Essa é uma medida educativa para impedir que os motoristas continuem trafegando com o veículo sem a devida manutenção” destaca Júnior, mencionando não se tratar de uma penalidade.

A fiscalização é parte das ações educativas que marcaram a campanha Maio Amarelo, que tem o objetivo de tornar o trânsito urbano e rodoviário cada vez mais seguro. Na BR-163/MT, os usuários contam com a Concessionária Rota do Oeste e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) para garantir segurança viária e compartilhar informações importantes aos motoristas com base no o tema da campanha nacional de 2022, “Juntos salvamos vida”. A orientação tanto dos policiais quanto dos usuários da rodovia sobre a verificação dos freios ficou por conta de colaboradores que atuam na manutenção veicular da frota da Concessionária.

Outras ações – Durante a campanha Maio Amarelo a Rota do Oeste realizou também outras ações, como o treinamento de direção defensiva para os funcionários que fazem uso da frota da empresa. A comunidade externa também foi envolvida com palestras educativas ministradas por colaboradores. Em Cuiabá, a apresentação aconteceu para os colaboradores do Hospital e Maternidade São Matheus. Já em Rondonópolis, a empresa do ramo transportes Transcamila foi palco de mais uma ação de educação para um trânsito seguro.

Para os próximos meses, outras ações estão sendo programadas por meio da parceria entre a Rota do Oeste e a PRF como a fiscalização de manutenção veicular.

Fonte
Assessoria
BEIRA RIO INTERNO

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES
Skip to content