Pneunorte
Publicidade
GALPÃO DO ESPORTE
Publicidade
Clinica Andre
Publicidade
GERALManchetes

Morre aos 62 anos, em Várzea Grande, o jornalista Eraldo Lima; teve passagem em Alta Floresta com assessor de comunicação

Faleceu ontem terça-feira, em Várzea Grande, aos 62 anos, o jornalista Eraldo Lima, por complicações decorrentes de um acidente vascular cerebral (AVC). Renomado profissional, Eraldo acompanhou por décadas os bastidores da Política e estava internado desde o início do mês de junho no Pronto Socorro Municipal de Várzea Grande.

Eraldo foi diretor do Correio Várzea-grandense, trabalhou também no jornal Diário de Cuiabá e entre outros meios de comunicação do estado, ele também atuou no interior do estado. Em Alta Floresta durante a gestão do ex-prefeito Asiel Bezerra era o responsável pela assessoria de comunicação da prefeitura municipal. Por último trabalhava em seu próprio portal de notícias no web.

Casado com a também jornalista Cida Capelassi, ex-adjunta de Comunicação de Várzea Grande na gestão de Lucimar Campos, Eraldo deixa dois filhos.

O velório ocorrerá nesta quarta-feira (22), na Funerária Santo Antônio, situada à Avenida Alzira Santana, 501 em Várzea Grande, a partir das 07h00.

O governador do estado, Mauro Mendes, lamentou a morte do jornalista.

“Eu e minha esposa, Virginia, lamentamos a perda e ficaremos em oração para que Deus possa dar conforto aos corações dos familiares e amigos”, disse o governador Mauro Mendes.

A secretária de Estado de Comunicação, Laice Souza, comentou ter recebido com tristeza a notícia da morte do jornalista.

“O jornalismo mato-grossense perde um profissional comprometido com a verdade da informação. Minhas orações estão com ele, para que possa fazer uma passagem tranquila para o plano superior, e com a família, para que supere essa perda tão dolorosa”, declarou Laice.

Fonte
Redação Notícia Exata
Viveiro interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES
Skip to content