terça-feira, 18 junho, 2024
InícioDesign da HomeDestaqueMédico investigado com a mãe por matar idosos em Peixoto de Azevedo...

Médico investigado com a mãe por matar idosos em Peixoto de Azevedo tem registro profissional suspenso

O médico Bruno Gemilaki Dal Poz, de 28 anos, sofreu uma punição por violar artigos do Código de Ética Médica e está impedido de exercer a profissão por decisão do Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso (CRM-MT), assinada na terça-feira (21). Bruno deve ficar com o registro profissional suspenso até o fim do processo ético-profissional.a

Em abril, o médico, a mãe dele, Ines Gemilaki, e Eder Gonçalves Rodrigues foram presos depois de invadirem uma casa e efetuarem vários tiros por um desacordo comercial envolvendo pagamentos de aluguel. Os três foram denunciados pelo Ministério Público pela morte de dois idosos e pela tentativa de homicídio contra o padre e seguem presos.

Em nota, o CRM-MT diz que os conselheiros aprovaram, por unanimidade, a interdição cautelar total do exercício profissional do médico. A análise levou em consideração a ação de Bruno, apontado pelo Ministério Público como um dos autores dos crimes, e a omissão ao não prestar socorro às vítimas.

“O envolvimento nos crimes que ocorreram em Peixoto de Azevedo resulta em fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação ao prestígio e bom conceito da profissão médica”, diz trecho da nota.

Agora, a decisão precisa ser validada pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e a defesa do médico tem cinco dias para apresentar recurso.

De acordo com o CRM-MT, a decisão foi tomada com base no seguinte artigo:

  • Artigo 30: A interdição cautelar ocorrerá desde que existam nos autos elementos de prova que evidenciem a probabilidade da autoria e da materialidade da prática de procedimento danoso pelo médico, a indicar a verossimilhança da acusação, e haja fundado receio de dano irreparável ou de difícil reparação ao paciente, à população e ao prestígio e bom conceito da profissão, caso ele continue a exercer a medicina.

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo