Pneunorte
Publicidade
Banner Prefeitura Paranaíta
Publicidade
W3NT
Publicidade
GERALManchetes

Alta Floresta: Conselho Municipal de Saúde diz que decreto da prefeitura que flexibilizou medidas de combate a COVID foi contra resolução definida

O Conselho Municipal de Saúde veio a público se posicionar a favor de uma abertura gradual do comércio e dos eventos, em descompasso com o recente Decreto emitido pelo executivo. Acreditamos que a pandemia ainda esta longe do fim e os casos vem aumentando diariamente.

O objetivo principal conforme o Conselho é proteger os cidadãos e uma abertura abrupta pode fazer com que os casos aumentem e o Sistema de Saúde entre em colapso, já que muitos estudos dão conta que há a necessidade de reforço na vacinação e que o número de anticorpos cai ao longo do tempo.                                                    

O controle social na Saúde vem produzindo uma série de documentos para órgãos do Executivo, Legislativo, Judiciário e para a população em geral.

“Zelamos pela Seguridade Social na nossa cidade e pela vida das pessoas, propondo encaminhamentos e medidas que podem atenuar o cenário que estamos enfrentando, com abertura gradual, onde 90% dos eventos podem ser mantidos, mas com as medidas adequadas, conforme nossa Resolução de número 23, que está disponível em nossas redes sociais para conhecimento. Sendo que a Resolução foi fruto de intensos diálogos com a Secretaria de Saúde, representantes de comércio e de movimentos civis. Estamos do lado da vida”, diz o Conselho Municipal de Saúde.

“Nunca é demais frisar: quem desrespeita as regras de combate à Covid-19 está colocando a própria vida em risco, mas também a vida de outras pessoas e milhares de empregos”, quando isso acontece, é sinal que falhamos como seres humanos. Falhamos na simples missão de cuidarmos uns dos outros”, pontua o Conselho.

O Conselho Municipal ainda desta que se por um lado a pandemia traz muitas tristezas e dificuldades, por outro, tem a chance única de mostrar amor ao próximo.

“Não estamos caindo somente diante de um vírus, mas também diante de nossas próprias falhas. A pergunta que deixamos é: de que lado você vai ficar na luta contra o vírus?”, complementa.

Fonte
Editoria com Assessoria
Prestiberiana Interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES