domingo, 14 julho, 2024
InícioCIDADESVinte cidades de MT estão entre as piores em informação fiscal; Alta...

Vinte cidades de MT estão entre as piores em informação fiscal; Alta Floresta tem nota B

Vinte municípios de Mato Grosso receberam nota E – a pior possível – no Ranking da Qualidade da Informação Contábil e Fiscal, organizado pelo Tesouro Nacional. Nesta lista estão cidades como Rondonópolis e Santo Antônio de Leverger (veja relação completa abaixo).

Em contrapartida, quatro municípios têm nota A: Santa Carmem, Sapezal, Sinop e Diamantino. Santa Carmem é primeira no estado e a 22ª colocada em todo o país. 

 Já Cuiabá é a oitava no Estado com nota B, enquanto Várzea Grande amarga a 106ª posição entre os 141 municípios mato-grossenses, com C. O pior município é Santo Antônio de Leverger, que no ranking nacional é 5540º. O Brasil tem 5568 cidades. 

Na semana passada, o Tesouro Nacional realizou a solenidade premiando os melhores entes federados. 

A avaliação para a concessão do prêmio se baseou na pontuação obtida no ranking, que avalia e classifica a precisão, a integridade, a qualidade e a consistência das informações contábeis e fiscais enviadas pelos entes federativos, atribuindo notas e percentuais de acertos nos níveis municipal, estadual e entre as capitais dos Estados.

Nessa análise, são realizadas mais de 160 verificações em diferentes dimensões para avaliar a qualidade dos dados informados.

Apesar de receber o prêmio de maior evolução entre as capitais, Cuiabá é apenas a 16ª colocada neste quesito. A grande evolução se deu porque, no ano anterior, a Capital mato-grossense estava na última posição.

O ranking é publicado desde 2020 com o objetivo de incentivar a melhoria da qualidade e da consistência dos dados fiscais e contábeis enviados pelos entes da Federação por meio do Siconfi, uma plataforma de gestão e controle das finanças públicas no Brasil que tem a principal função de receber, processar e disponibilizar dados contábeis e fiscais enviados pelos entes federativos, incluindo a União, os Estados, o Distrito Federal e os municípios. 

Quando surgiu, o ranking contava com cerca de 30 verificações em diferentes dimensões para avaliar a qualidade dos dados informados por Estados e municípios. Atualmente, existem mais de 160 verificações que são levadas em conta nessa análise.

Veja o ranking:

Participe do nosso grupo de Whatsapp

NOTÍCIAS RELACIONADAS

Mais popular

Feito com muito 💜 por go7.com.br
Pular para o conteúdo