Pneunorte
Publicidade
GALPÃO DO ESPORTE
Publicidade
Clinica Andre
Publicidade
CIDADES

Modelagem hidráulica define prioridades do saneamento e traz desenvolvimento sustentável

Bom para ao cliente, bom para concessionária, bom para o município. Essa relação ‘ganha-ganha’ é o princípio que move a implantação, pela Águas Alta Floresta, do estudo de modelagem hidráulica nos sistemas de tratamento e distribuição de água e esgotamento sanitário.

O projeto é desenvolvido por meio de um software inovador que  analisa, de forma estruturante, a infraestrutural atual e identifica as necessidades de uma região referentes ao saneamento básico. Com este trabalho, a concessionária consegue elevado e qualificado volume de informações que permite realizar ações de melhoria e expansão dos sistemas observando as reais necessidades população, em alinhamento às projeções de crescimento da cidade.

Importante ferramenta para a gestão do saneamento básico, a modelagem hidráulica possibilita otimizar a aplicação dos recursos, identificar antecipadamente possíveis situações de rompimento nas redes, vazamentos ou extravasamentos e diminuir o tempo de resposta às ocorrências. A modelagem permite, ainda, planejar obras priorizando e antecipando as necessidades, o que confere mais eficiência à gestão dos sistemas de água e esgoto.

“O software utilizado para fazer a modelagem hidráulica analisa os sistemas de água e esgoto do município, e também prevê condições operacionais, mediante a criação de cenários. O uso dessa ferramenta possibilita à concessionária realizar um planejamento adequado focado na solução que cada região necessita”, explica o diretor da Águas Alta Floresta, André Silva. O gestor informa, ainda, que o estudo foi possível por meio do  investimento de R$ 150 mil e que a previsão de conclusão é no primeiro quadrimestre deste ano.

Para o sistema de tratamento e distribuição de água, é possível definir ações e investimentos que aprimorem o combate aos vazamentos e fraudes, permitindo, também, a elaboração de um plano de investimentos adequado às necessidades do município analisado. No esgotamento sanitário não é diferente, a análise possibilita o planejamento sustentável de novos investimentos no setor.

A modelagem hidráulica, assim como o georreferenciamento, são ferramentas utilizadas pelas operações da Iguá Saneamento nos município de Alta Floresta, Colíder, Comodoro, Pontes e Lacerda e Canarana. O objetivo da companhia, controladora das concessionárias de saneamento de cada um destes municípios, é garantir a eficiência na gestão dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, colaborando com o desenvolvimento das cidades e a preservação dos recursos naturais.

Sobre a Águas Alta Floresta – A Águas Alta Floresta opera no município desde 2017. Surgiu com responsabilidade de atender a uma população de 43.621 mil pessoas. O alcance de nossa prestação de serviços nos coloca entre os principais operadores privados do setor de saneamento no Brasil. A Àguas Cidade faz parte da Iguá Saneamento, companhia que atende cerca de 6,6 milhões de clientes e está presente em cinco estados brasileiros, por meio de 18 operações.

Sobre a Iguá – A Iguá é uma nova companhia de saneamento, controlada pela IG4 Capital, que atua no gerenciamento e na operação de sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário, por intermédio de concessões e de parcerias público-privadas. Atualmente, está presente em cinco estados brasileiros: Alagoas, Mato Grosso, Santa Catarina, São Paulo e Paraná, por meio de 18 operações, que, somadas, beneficiam cerca de 6,6 milhões de pessoas. O alcance da prestação de serviços coloca a companhia entre os principais operadores privados do setor de saneamento no país. O nome Iguá é uma referência direta ao universo de atuação da companhia: em tupi-guarani, “ig” que dizer água.

 

Viveiro interno

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Com muito ❤ por go7.site
English EN Portuguese PT Spanish ES
Skip to content