Alta Floresta (MT), 22 de maio de 2019 - 14:58

Saúde

04/03/2019 09:45 Ana Flávia Corrêa - Gazeta Digital

Sem pagamento, médicos do Hospital Regional de Sinop deixam cargos

Desde terça-feira (26), médicos que atendem no Hospital Regional de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá) começaram a abandonar seus cargos pela falta de pagamento. De acordo com um profissional que não quis se identificar, eles estão sem receber desde setembro de 2018.

Ao todo, são aproximadamente 30 profissionais que atendiam na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Pronto Atendimento (PA) e Unidade de Neurologia. No caso da UTI, um profissional de Cuiabá está há uma semana cobrindo os serviços. No PA, um médico da prefeitura e o diretor da unidade se desdobram na escala de plantão. 

"Eles pedem para a gente voltar mas não sabem quando vão pagar, quanto vão pagar. A equipe que saiu não tem interesse e na cidade também ninguém quer porque ninguém sabe o que vai receber. A gente tem calote de praticamente 7 meses de novo", disse.

No dia 17 de janeiro, Estado decretou intervenção no hospital a fim de evitar uma possível paralisação da prestação do serviço de saúde da unidade para usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Com isto, a responsabilidade passou da empresa Gerir para o Governo. 

Servidor Jean Carlos Alencar da Silva foi nomeado como interventor e ficou responsável pelo gerenciamento da instituição.

"Não está tendo da parte do estado o interesse em manter o serviço funcionando. Tentamos reunião com os secretários, com o nosso coordenador para cobrar o pagamento. O pagamento foi que eles iam tentar pagar a gente diretamente para não pagar as empresas, essa foi a modela de troca para gente continuar os serviços. O Estado não está progredindo", concluiu.

Com os afastamentos, de acordo com o médico, o hospital está superlotado e em estado de caos. Ala de Cirurgia Geral, Clínica Médica e Nefrologia, contudo, continuam funcionando sem deficit de profissionais.

Outro lado 

Reportagem tentou contato com a Secretaria de Estado de Saúde, que afirmou que a unidade hospitalar está funcionando normalmente. 

Confira a nota na íntegra:

" A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) informa que, de acordo com a diretoria clínica do Hospital Regional de Sinop (HRS), a unidade hospitalar funciona normalmente e atende a todas as demandas de atendimento – englobando os serviços prestados pela Unidade de Terapia Intensiva (UTI), pelo Pronto Atendimento e pelas equipes de Neurologia, Cirurgia e Clínica Médica."


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo