Alta Floresta (MT), 21 de março de 2019 - 08:42

Saúde

27/02/2019 08:56

Secretário de Saúde MT visita Alta Floresta e não fixa prazo para funcionamento de UTI´s

O secretário de estado de Saúde de Mato Grosso Gilberto Figueiredo esteve cumprindo agenda no município de Alta Floresta, ontem terça-feira (26), na ocasião realizou visita ao Hospital Regional de Alta Floresta e também manteve reuniões no escritório Regional de Saúde e com profissionais da classe médica que atendem no Hospital Regional Albert Sabin.

A presença do secretário durou praticamente todo a terça, o mesmo chegou pela manhã de terça e passou a receber informações e discutir melhorias para a saúde pública.

No final da tarde, o secretário cedeu entrevista ao Notícia Exata, em pauta diversos assuntos, entre eles a conclusão das obras da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de Alta Floresta.

Sem fixar prazo para que as mesmas entrem em funcionamento e passem a atender a população, o secretário detalhou que a Unidade deve ter um custo de manutenção de R$ 10 milhões anual.

“O problema é que não basta apenas construir e comprar equipamentos, o custo operacional para funcionar 10 leitos de UTI deve chegar próximo a R$ 10 milhões em um ano e lógico o governo do estado tem investido nisso e vai ter que buscar uma solução para subsidiar isso, para que consiga fazer funcionar a médio a longo prazo”, disse.

Questionado sobre prazos para funcionamento das unidades, o secretário Gilberto Figueiredo preferiu não estabelecer datas.

“Prefiro não fazer isso, essa é uma gestão que não quer prometer algo e que não consiga cumprir. Nós neste momento estamos fazendo um diagnóstico e no final vamos estipular um horizonte e um prazo factível de isso acontecer, mas vou deixar esta parte para o governador, porque é quem tem o poder da decisão final e pode garantir os recursos para que isso aconteça”, pontuou

Gilberto Figueiredo relatou que hoje resta ainda adquirir cerca de 20% dos equipamentos e que o estado vem trabalhando para garantir esta compra.

“Os recursos usados para a obra foram bloqueados das contas do Governo do Estado, mas estão sendo utilizados para pagar a obra que está sendo realizada e também para a aquisição dos equipamentos, a grande maioria já realizada, faltando cerca de 20% para fazer a aquisição”, disse.

Segundo o secretário de estado de saúde, a visita aos municípios do interior serve para mapear a situação e também levantar os custos de manutenção de cada unidade, os dados serão apresentados ao Governador do Estado, Mauro Mendes.

Secretário Gilberto Figueiredo em visita ao Hospital Regional - Foto: Ana Carolina - SES/MT

De acordo com o secretário, o Hospital Regional de Alta Floresta é um dos que tem melhor resolutividade no que diz respeito a atendimentos, hoje o HR de Alta Floresta tem 70% de sua capacidade utilizada. Hoje em média um paciente que dá entrada no Albert Sabin fica no máximo 5 dias, o que e considerado uma performance melhor do que outros hospitais que estão sob a tutela do governo do estado.

Além de Alta Floresta, o secretário visitou Guarantã do Norte, Peixoto de Azevedo, Matupá e hoje, quarta-feira (27) estará em Colíder, Sorriso e Sinop. O circuito deve ser encerrado até sexta-feira (01.03).


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo