Alta Floresta (MT), 13 de dezembro de 2018 - 05:43

Saúde

15/11/2018 04:56 Assessoria TCE

Homologados planos de ações do Hospital Regional de Alta Floresta e do Adauto Botelho

O Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso homologou os planos de ações sugeridos pelos gestores do Centro Integrado de Assistência Psicossocial Adauto Botelho e do Hospital Regional de Alta Floresta, por considerar que eles são suficientes para eliminar ou amenizar os problemas detectados por levantamento realizado pelo TCE-MT. Por determinação do conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha, relator dos levantamentos, esse trabalho deverá ser monitorado pela Secretaria de Controle Externo de Saúde e Meio Ambiente.

Na sessão ordinária do no dia 13/11, o TCE julgou os levantamentos que têm por objetivo identificar as principais inconformidades e fragilidades, com a finalidade de determinar a adoção de medidas corretivas ou propor melhorias na qualidade dos serviços públicos de saúde prestados pelas unidades, tendo em vista que o bem estar dos pacientes é influenciado pelas condições da infraestrutura do hospital.

No levantamento feito no Adauto Botelho (Processo nº 95249/2018), foram realizados os seguintes procedimentos: Inspeção física da estrutura da unidade hospitalar; observação direta de procedimentos; entrevista com o diretor-geral João Santana Ribeiro; e questionário eletrônico com os profissionais da saúde. A Unidade de Instrução apontou a existência de 15 irregularidades na infraestrutura hospitalar do CIAPS Adauto Botelho.

"Em consonância com a Unidade de Instrução, entendo que o Plano de Ação apresentado pelos responsáveis abordou todas as 15 inconformidades apontadas no Relatório de Levantamento e que as ações propostas, pelo responsável, demonstraram ser suficientes para corrigir as falhas inicialmente apontadas", observou o relator no voto.

Os mesmo procedimentos foram realizados no levantamento que avaliou a infraestrutura do Hospital Regional de Alta Floresta (Processo nº 314617/2017), sob a gestão do diretor-geral José Marcos Santos da Silva, onde foram identificadas 14 irregularidades. O conselheiro relator também considerou que o plano de ação do hospital visa corrigir as deficiências encontradas.

O voto do conselheiro relator Isaías Lopes da Cunha foi acompanhado pela unanimidade dos membros do Tribunal Pleno.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo