Alta Floresta (MT), 23 de outubro de 2018 - 09:37

Saúde

A 06/02/2018 05:16 Aline Almeida - Diário de Cuiabá

Câncer: instituto prevê que mais de oito mil casos serão diagnosticados em Mato Grosso

Um levantamento divulgado pelo Instituto Nacional de Câncer aponta que em Mato Grosso serão detectadas 8.360 neoplasias malignas somente neste ano. A incidência de novos casos de câncer deve ser maior em homens que corresponderá a 52% dos novos casos no Estado. Em todo o país são esperados 600 mil novos casos. 

O INCA aponta que em Mato Grosso serão 1.080 casos de câncer de próstata com incidência de 62,73 casos a cada 100 mil homens. Serão 680 casos de câncer de mama, 41,32 a cada 100 mil mulheres. Além de 400 novos casos de câncer de cólon e reto, 420 de traqueia, brônquio e pulmão, 270 de estômago, 340 do colo do útero e 190 da cavidade oral. E ainda 160 novos casos de câncer do sistema nervoso central, 130 leucemias,60 câncer de pele, entre outros tipos de câncer. 

Em Cuiabá serão 240 novos tipos de câncer de próstata com incidência de 78,67 casos a cada 100 mil, 220 de mama sendo 69,03 casos a cada 100 mil mulheres. E ainda 130 novos casos de cólon e reto, 100 de estômago, 20 leucemias, 20 novos câncer de pele melanoma. Todas as neoplasias malignas somam 1.940. 

No caso de homens serão 4.370 novos casos de neoplasias uma taxa bruta de 253,02 a cada 100 mil habitantes em Mato Grosso. Em Cuiabá serão 900 novos tipos de câncer em homens, incidência de 299,99 casos a cada 100 mil. Nas mulheres as estimativas de casos novos no Estado chegam a 3.990 sendo uma taxa de 241,04 a cada 100 mil habitantes. Em Cuiabá os novos números de câncer em mulheres devem chegar a 1.040 com uma taxa de 331,05 casos a cada 100 mil. 

A estimativa do INCA mostra que com exceção do câncer de pele não-melanoma, os tipos de câncer mais frequentes serão os cânceres de próstata (68.220 casos novos) em homens e mama (59.700 mil) em mulheres. Além dos citados, completam a lista dos dez tipos de câncer mais incidentes: cólon e reto (intestino – 36.360), pulmão (31.270), estômago (21.290), colo do útero (16.370), cavidade oral (14.700), sistema nervoso central (11.320), leucemias (10.800) e esôfago (10.970). 

O Instituto revela que a incidência de câncer no mundo cresceu 20% da última década. O impacto se dá principalmente nos países de média e baixa renda. Segundo o INCA, um terço dos casos de câncer pode ser evitado, já que são associados a fatores como tabagismo, inatividade física, obesidade e infecções como o HPV. 

No documento divulgado pelo Inca, nota-se ainda que os homens devem receber mais diagnóstico de câncer do que as mulheres em 2018, com cerca de 300 mil casos. Estima-se que elas representem 282 mil novos casos. 

A distribuição da incidência por Região geográfica mostra que as Regiões Sul e Sudeste concentram 70% da ocorrência de casos novos; sendo que, na Região Sudeste, encontra-se quase a metade dessa incidência. Nas Regiões Sul e Sudeste, o padrão da incidência mostra que predominam os cânceres de próstata e de mama feminina, bem como os cânceres de pulmão e de intestino. A Região Centro-Oeste, apesar de semelhante, incorpora em seu perfil os cânceres do colo do útero e de estômago entre os mais incidentes.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo