Alta Floresta (MT), 19 de dezembro de 2018 - 01:15

Política

28/11/2018 05:06 Por Vladimir Netto, Mariana Oliveira e Rosanne D'Agostino, TV Globo e G1

22 presos da Lava Jato podem ser beneficiados se Temer reeditar decreto de indulto; veja lista

Levantamento da Força Tarefa da Lava Jato no Paraná indica que 22 dos 39 condenados pela Justiça Federal em Curitiba podem ser beneficiados se o presidente Michel Temer editar neste ano o decreto de indulto natalino com as mesmas regras do assinado no ano passado.

O Supremo Tribunal Federal (STF) começará a julgar nesta quarta (28) a validade do decreto assinado por Temer em 2017.

O indulto é um perdão de pena concedido todos os anos em período próximo ao Natal, como uma atribuição do presidente da República,prevista na Constituição.

O decreto de Temer em 2017 foi alvo de forte reação por estabelecer o perdão a quem cumpriu um quinto da pena (20%) em caso de crimes sem violência ou grave ameaça - o que inclui crimes do colarinho branco, como corrupção e lavagem de dinheiro -, sem limite máximo de pena para concessão, beneficiando também condenados a penas elevadas.

Um dos procuradores da Força Tarefa da Lava Jato, Deltan Dallagnol pediu nesta terça-feira a internautas que se posicionem contra a manutenção das regras neste ano.

"Há intensa articulação junto ao STF para liberar nesta 4ª feira o indulto de Temer de 2017, que perdoava 80% da pena dos corruptos, qualquer que fosse seu tamanho. Se isso acontecer, Temer estará liberado para fazer o mesmo ou pior neste ano", disse no Twitter. 

Lista

Conforme o levantamento da Força Tarefa, 22 dos 39 condenados da Lava Jato no Paraná estariam aptos a receber indulto de Natal em 25 de dezembro deste ano, caso o decreto seja reeditado com as mesmas regras em 2018, são eles: 

  • Antonio Palocci - condenado a 4.460 dias de pena, e que já terá cumprido 24,48% da punição;
  • Zwi Skornicki - condenado a 5.675 dias de pena, e que já terá cumprido 24,27% da punição;
  • André Luiz Vargas Ilário - condenado a 7.259 dias de pena, e que já terá cumprido 24,80% da punição;
  • Jorge Afonso Argello - condenado a 4.255 dias de pena, e que já terá cumprido 30,80% da punição;
  • João Cláudio Genu - condenado a 3.405 dias de pena, e que já terá cumprido 29,92% da punição;
  • João Luiz Argolo - condenado a 4.620 dias de pena, e que já terá cumprido 38,96% da punição;
  • José Carlos Bumlai - condenado a 3.585 dias de pena, e que já terá cumprido 19,23% da punição (como tem mais 70 anos, o tempo é reduzido em 1/4. Então, faria jus ao indulto);
  • Nelma Kodama - condenada a 5.475 dias de pena, e que já terá cumprido 42,37% da punição;
  • Adir Assad - condenado a 6.410 dias de pena, e que já terá cumprido 28,58% da punição;
  • Carlos Habib Chater - condenado a 5.200 dias de pena, e que já terá cumprido 35,21% da punição;
  • Ricardo Pessoa - condenado a 5.535 dias de pena, e que já terá cumprido 26,38% da punição;
  • Ronan Maria Pinto - condenado a 1.825 dias de pena, e que já terá cumprido 22,36% da punição;
  • André Gustavo Vieira da Silva - condenado a 2.390 dias de pena, e que já terá cumprido 20,81% da punição;
  • Bruno Gonçalves da Luz - condenado a 2.735 dias de pena, e que já terá cumprido 32,42% da punição;
  • Dalton Avancini - condenado a 5.775 dias de pena, e que já terá cumprido 34,66% da punição;
  • Eduardo Hermelino Leite - condenado a 5.775 dias de pena, e que já terá cumprido 34,66% da punição;
  • Elton Negrão de Azevedo Junior - condenado a 3.000 dias de pena, e que já terá cumprido 56,93% da punição;
  • João Ricardo Auler - condenado a 3.465 dias de pena, e que já terá cumprido 28,28% da punição;
  • Jorge Antonio da Silva Luz - condenado a 3.650 dias de pena, e que já terá cumprido 24,29% da punição;
  • Mário Frederico Mendonça Goes - condenado a 6.690 dias de pena, e que já terá cumprido 28,20% da punição;
  • Antonio Carlos Brasil Fioravante Pieruccini - condenado a 1.095 dias de pena, e que já terá cumprido 90,47% da punição;
  • Eduardo Cunha - condenado a 5.290 dias de pena, e que já terá cumprido 20,05% da punição (o ex-presidente da Câmara não conseguiria o indulto se somados os dois processos contra ele, que envolvem 14.350 dias, mas poderia ser beneficiado em somente um processo se a pena não for somada; há divergência sobre o somatório das punições em processos distintos). 

Manutenção das regras nos próximos anos

Segundo a Força Tarefa da Lava Jato, os outros 17 condenados poderão receber indulto se as regras forem reeditas nos próximos anos, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Veja a lista: 

  • João Augusto Rezende Henriques (2019)
  • João Cerqueira de Santana Filho (2019)
  • Mônica Moura (2019)
  • Olivio Rodrigues Junior (2019)
  • Fernando Migliaccio da Silva (2019)
  • João Antonio Bernardi Filho (2019)
  • Paulo Roberto Dalmazzo (2019)
  • Delúbio Soares (2019)
  • Ivan VernonGomes Torres Junior (2019)
  • Aldemir Bendine (2019)
  • Lula (2020)
  • Erton Medeiros Fonseca (2020)
  • Alexandre Correa de Oliveira Romano (2020)
  • Dario de Queiroz Galvão (2021)
  • Mariano Marcondes Ferraz (2021)
  • Enivaldo Quadrado (2021)
  • Sérgio Cunha Mendes (2022)

Decreto de indulto

Para o decreto que será editado no mês que vem, o Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, vinculado ao Ministério da Justiça e que discute o texto do indulto, fez diversas alterações para criar exceções a crimes cometidos sem violência ou grave ameaça.

A proposta acaba com a possibilidade de concessão do benefício a quem cometer crimes financeiros, relacionados a licitações, tortura, lavagem de dinheiro, organização criminosa e terrorismo.

Pelo texto, também está vedada a concessão de indulto a quem pratica furto com uso de explosivos – explosão de caixa eletrônico, por exemplo – e todos os crimes relacionados à corrupção (ativa, passiva), incluindo as modalidades internacionais de corrupção.

O texto de 2018 ainda está sob análise do presidente da República.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo