Alta Floresta (MT), 12 de dezembro de 2017 - 11:42

Política

27/09/2017 05:10 Carlos Dorileo - Folhamax

Silval revela vendeu área de pousada em MT para pastor e deputado

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB), em um novo anexo da delação premiada junto a Procuradoria Geral da República (PGR), revelou que o deputado estadual Ondanir Bortolini (PSD) abriu uma estrada na área da pousada Cristalino, que era de sua propriedade até 2016. Por conta da obra, acabou fazendo uma oferta e comprando a área por R$ 500 mil.

Silval contou que a estrada não poderia ser aberta, já que a área está localizada no Parque Estadual Cristalino, que deve ser preservado. Ele afirmou que, por conta da pousada, sua família sofreu auto de infrações e multas da Secretaria Estadual de Meio Ambiente.

A estrada foi descoberta pelo irmão do ex-governador, Antonio da Cunha Barbosa, quando sobrevoava a região. Na época, a família Barbosa já havia acertado a venda de 50% área com o apóstolo Valdemiro Santiago, líder da Igreja Mundial do Poder de Deus.

Quando percebeu a estrada, Antonio Barbosa fez o piloto da aeronave descer na propriedade. Ele conversou com um funcionário de Valdemiro Santiago, que lhe informou que a estrada estava sendo aberta pelo deputado Nininho para facilitar o acesso a sua fazenda no estado do Pará. Ele ainda construiria uma ponte sobre o rio Cristalino num prazo de 90 dias.

“O irmão do Declarante , foi informado que "Nininho" abriu um pedaço da estrada no local, até a margem do Rio Cristalino, e tinha a intenção de construir uma ponte em 90 (noventa) dias sobre o rio, a fim de encurtar o caminho entre sua fazenda (do Deputado "Nininho"), que ficava do outro lado do rio, no Estado do Pará, e o Município de Alta Floresta/MT”, diz trecho da delação de Silval.

Antonio Barbosa, então, procurou por Ondanir Bortolini para informar sobre a licença da obra, já que ela passava por sua propriedade e poderia render problemas com a Sema (Secretaria Estadual de Meio Ambiente). O deputado citou, então, que o vice-governador Carlos Fávaro (PSD), tinha conhecimento da abertura da estrada.

"Nininho" afirmou que já tinha conversado e estava tudo acertado com Carlos Fávaro (Vice-Governador e atual Secretário de Estado), o que, no entanto, não foi confirmado nem por seu irmão nem pelo Declarante”, assinalou.

COMPRA DA ÁREA

Após Antonio Barbosa relatar os problemas na propriedade, o deputado estadual fez a oferta de compra da área. “"Nininho", então, propôs ao irmão do Declarante a compra da posse da área em questão, e que assumiria a solução dos problemas ambientais; QUE o irmão do Declarante aceitou a proposta, e vendeu os 50% (cinquenta por cento da área) por R$ 500.000,00 (quinhentos mil reais) a "Nininho", assinala.

O deputado pagou com R$ 250 mil em dinheiro e outra parte com um trator de esteira. “O Declarante não sabe informar se os 50% (cinquenta por cento) pertencente a Valdemiro Santiago foram também comprados pelo Deputado "Nininho".

Apesar de garantir ter recebido R$ 500 mil na negociação, Silval afirma que oficialmente o negócio foi fechado por outro valor, a pedido de “Nininho”. Aliás, o nome do deputado estadual não apareceu no negócio.

“Para formalizar o negócio, foi celebrado um contrato entre Antonio da Cunha Barbosa Filho e uma pessoa indicada por "Nininho", Odete Borcheid Melo; QUE nesse contrato, o Deputado "Nininho" pediu para que fosse declarado como valor de compra R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), sendo R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais) em moeda corrente e um trator de esteira, o qual já foi mencionado acima”, relata.

ANEXO

Silval esclareceu o fato relacionado a pousada do Parque Cristalino porque a área, inicialmente, constava em sua declaração patrimonial. Porém, no documento apresentado já próximo a celebração do acordo de delação premiada, a pousada não aparecia.

Segundo Silval, a confusão ocorreu porque as transações ocorreram no período em que ele estava detido e foram realizadas por seu irmão. “Que embora o Declarante tenha, na primeira versão de anexo patrimonial entregue espontaneamente, mencionado a referida pousada, ela não consta na última versão, entregue próximo à data da celebração do acordo de colaboração, em razão das alienaçôes realizadas em maio de 2016 (50% para Valdemiro Santiago) e dezembro de 2016 (50% para Ondanir Bortolini, conhecido como "Nininho")”, completa.

Outro Lado

Na tarde de ontem (quarta-feira-27), a assessoria jurídica do líder evangèlico Valdemiro Santiago encaminhou nota de esclarecimento a redação do Notícia Exata, onde nega ter qualquer tipo de relacionamento comercial, financeiro ou empresarial com o ex-governador Silval Barbosa.

Em delação Silval ligou o nome do fundador da Igreja Mundial a compra de 50% da área de uma pousada na região do Cristalino, norte do estado. Valdemiro acrescenta que o único encontro entre ambos deu-se em Culto evangélico ministrado pelo Apóstolo perante milhares de pessoas no Estado do Mato Grosso.

Ainda conforme a nota  o que houve foi uma proposta de venda de parte da área, que não trata-se de fazenda, mas sim de rancho adjacente a rio, que foi ofertada em outra ocasião, pelo Sr. Antonio Barbosa, irmão do ex-governador, junto ao Bispo Rildo Teixeira, então representante estadual da I.M.P.D. (Igreja Mundial do Poder de Deus).

Confira nota:

Valdemiro Santiago de Oliveira, líder evangélico fundador da Igreja Mundial do Poder de Deus, por seu advogado que esta subscreve,  em face da matéria veiculada envolvendo o ex-governador do Mato Grosso, Sr. Silval Barbosa,  vem esclarecer o quanto segue: 

1.)     O Apóstolo Valdemiro Santiago de Oliveira nunca  manteve ou mantém qualquer  relacionamento comercial, financeiro ou empresarial com o ex-governador Silval Barbosa.

2.)     O único encontro entre ambos deu-se em Culto evangélico ministrado pelo Apóstolo perante milhares de pessoas no Estado do Mato Grosso, quando o então Governador lá se dirigiu pedindo oração, participando do referido culto, fato este presenciado por milhares de pessoas.

3.)     A proposta de venda de parte da área, que não trata-se de fazenda, mas sim de rancho adjacente a rio,  foi ofertada em outra ocasião, pelo Sr. Antonio Barbosa, irmão do ex-governador, junto ao Bispo Rildo Teixeira, então representante estadual da I.M.P.D. (Igreja Mundial do Poder de Deus).

4.)     A transação foi intermediada pelo aludido Bispo e por representantes da família de Antonio Barbosa, restando a compra realizada pela esposa do Apóstolo, Bispa Franciléia de Oliveira, observando todos os aspectos legais vigentes.


Atualizada às 05h14 de 28/09/17 - inserção de posicionamento de parte citada na matéria.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,2974
Euro 3,889
11/12 16:05

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo