Alta Floresta (MT), 23 de agosto de 2017 - 19:44

Ezgif.com optimize  5

Política

23/03/2017 10:23 Carlos Dorileo - Folhamax

O Globo confirma que Silval está perto de fechar delação e devolver R$ 70 milhões em MT

O colunista Lauro Jardim, do jornal O Globo, confirma nesta quinta-feira que o ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa (PMDB), está na eminência de fechar um acordo de colaboração premiada com devolução dos valores desviados.

De acordo com Lauro Jardim, Silval estuda devolver cerca de R$ 70 milhões em dinheiro vivo e patrimônio no acordo a ser fechado com o Ministério Público Estadual e que será colocado para análise da juíza da Sétima Vara Criminal de Cuiabá, Selma Rosane Santos Arruda. "Sinval Barbosa, ex-governador do Mato Grosso, preso desde 2015, está perto de fechar um acordo de delação premiada. Se o acordo for assinado o previsto é que Sinval devolva R$ 70 milhões aos cofres públicos", diz a nota do O Globo.

Preso desde setembro de 2015 por conta da "Operação Sodoma", Silval ainda possui hoje três prisões preventivas em aberto. Ele ainda foi denunciado em outras operações como por exemplo a "Seven".

O ex-governador tinha como esperança anular todas cinco fases da "Operação Sodoma" no Superior Tribunal de Justiça com a alegação de que a magistrada Selma Arruda havia extrapolado suas funções ao ouvir delatores na fase investigatória dos processos. No entanto, os ministros da Sexta Turma do STJ mantiveram as investigações por 4 a 1, o que fez com que Silval refletisse e tomasse a decisão de assumir os erros e revelar alguns detalhes sobre outros "personagens" que participaram dos supostos esquemas de fraudes no palácio Paiaguás entre abril de 2010 e dezembro de 2014.

NOVO ADVOGADO E ALVOS

Nesta quarta-feira um novo advogado de Silval vindo de Brasília visitou o Ministério Público Estadual, em Cuiabá, e se reuniu com a promotora Ana Cristina Bardusco Silva e ainda os delegados da Polícia Civil que participam da "Operação Sodoma". Anteriormente, o ex-governador tinha na defesa nas ações no STJ e STF famoso advogado Antônio Carlos de Almeida, o "Kakay", que deve ser substituído.

Em nível estadual, ele era defendido por Válber Mello e Ulisses Rabaneda, que ainda não sabem se continuarão em caso de delação. Na conversa no MPE, os promotores e delegados teriam proposto que o ex-governador devolvesse R$ 250 milhões pelos supostos desvios.

Além de fechar um acordo com o MPE, Silval também trata de uma colaboração premiada junto a Procuradoria Geral da República. Nos bastidores, comenta-se que ele terá como "alvo predileto" o atual ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), de quem foi vice e herdou o Palácio Paiaguás com uma série de compromissos para serem cumpridos.

Além de Maggi, Silval deve comprometer outros poderes. Um deles, por exemplo, será a Assembleia Legislativa.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9912-8992 ou (66) 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo