Alta Floresta (MT), 19 de fevereiro de 2017 - 17:27

Hamoa banner 2017

Política

28/12/2016 09:24 Vinícius Lemos - Folhamax

Juíza prevê que sentenças de Silval e Riva saem já no início de 2017

As sentenças das operações nas quais o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) e o ex-deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, são réus deverão ser proferidas no próximo ano. A informação foi repassada pela juíza Selma Arruda, da Sétima Vara Criminal, durante entrevista ao “Jornal do Meio Dia”, da TV Record, nesta terça-feira (27).

Responsável por julgar operações como Sodoma, Ventríloquo, Seven e Imperador, a magistrada explicou que deve sentenciar os casos ainda no primeiro semestre do próximo ano. "Essas operações que foram deflagradas durante 2015 e 2016 estão prestes a serem sentenciadas. O ano de 2017 deve ser um período em que as sentenças serão proferidas e essas operações vão ter um desfecho", disse.

As operações investigam diversos casos de corrupção no Estado. A Sodoma apura fraudes em incentivos fiscais durante a gestão de Silval; a Ventríloquo investiga desvio de, aproximadamente, R$ 10 milhões na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, durante a gestão de Riva como presidente da entidade; a Seven apura fraudes no Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) e a Imperador investiga o desvio de R$ 60 milhões dos cofres públicos estaduais por um grupo que teria Riva e sua esposa, Janete, como integrantes.

Ao comentar sobre o período em que deve realizar as primeiras sentenças referentes às operações nas quais Silval é réu, a magistrada afirmou que os julgamentos devem ocorrer logo nos primeiros meses do ano. “Se Deus quiser, no primeiro trimestre de 2017 vamos começar a proferir as sentenças”, contou.

Selma Arruda pontuou que existe a possibilidade de o ex-governador tornar-se delator dos crimes praticados durante seu governo. A medida pode ser adotada pela defesa de Silval para que ele tenha a pena reduzida. "Em tese, todas as pessoas podem celebrar acordo de delação premiada. Se isso foi ou está sendo aventado, não é com o judiciário, é com o Ministério Público”, afirmou.

Atualmente o judiciário está em recesso forense. A magistrada deve retornar ao trabalho no início de janeiro, para então dar início aos trâmites para sentenciar as operações iniciadas nos últimos dois anos.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9912-8992 ou (66) 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,0928
Euro 3,2821
17/02 16:05

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo