Alta Floresta (MT), 17 de novembro de 2017 - 23:57

Polícia

07/11/2017 10:03 Agência Brasil

PF investiga grupo que fraudava licitações de equipamentos médicos

A Polícia Federal (PF) deflagrou hoje (7) a Operação Marcapasso para investigar um esquema de corrupção que fraudava licitações na compra de equipamentos para procedimentos médicos, na área de órteses e próteses e de aquisição de materiais especiais, no estado do Tocantins.

De acordo com a PF, a investigação começou quando os sócios da empresa Cardiomed Comércio e Representação de Produtos Médicos e Hospitalares foram presos em flagrante por terem fornecido a Secretaria de Saúde do Estado do Tocantins produtos medicinais com prazos de validade de esterilizacão vencidos.

 

“No decorrer das investigações, veio a tona um vasto esquema de corrupc a o destinado a fraudar licitaçõess no estado do Tocantins mediante o direcionamento de processos licitatórios. O esquema engendrado possibilitava o fornecimento de vantagens ilícitas a empresas, médicos e empresários do ramo, bem como a funcionários públicos da área de saúde, diz a PF, em nota.

Segundo a PF, o nome da operação é uma referência a um dos itens da área de cardiologia, o marca-passo, equipamento que integrava a lista de alguns dos editais fraudados.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,2872
Euro 3,8724
17/11 10:55

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo