Alta Floresta (MT), 18 de novembro de 2017 - 02:18

Geral

09/11/2017 07:46 Karine Miranda - Gazeta Digital

MT: aprovado decreto que suspende multas e apreensão de veículos

Por unanimidade, os deputados aprovaram em primeira votação, ontem quarta-feira (8), o Decreto legislativo que suspende a aplicação de multa e apreensão de veículos durante o período de greve dos servidores do Departamento Nacional de Trânsito (Detran).

De autoria das lideranças partidárias, o projeto prevê que as multas e apreensões fiquem suspensas em decorrência da impossibilidade de o contribuinte poder fazer o pagamento do licenciamento do veiculo, por causa da greve.

Os servidores do órgão estão em greve desde setembro devido à ausência de proposta do Governo do Estado em relação ao reajuste salarial pleiteado pela categoria. Eles já se reuniram diversas vezes com membros do Estado, sem solução.

De acordo com a deputada Janaina Riva (PMDB), os paralemantares tem recebido diversas reclamações da população -  e a medida vai contribuir para evitar um problema ainda maior.

“Os carros estão com licenciamento vencido, até porque o Detran ainda se encontra em greve. Muito disso, do Detran fazer essa greve até hoje, também é de nossa responsabilidade. Temos dever de resolver essa questão do Detran. Todos nós parlamentares junto com o Governo do Estado”, disse.

Ainda segundo Janaina, a população não pode ser “responsabilizada pela ineficiência do Governo do Estado”. “O Governo tem tido dificuldade para resolver e estava sendo depositado na conta dos usuários do serviço público do Detran”, afirmou.

O projeto ainda precisa ser colocado para segunda votação para, de fato, ser considerado aprovado.

Greve  – A greve se iniciou em setembro quando 930 servidores das unidades do Detran em todo o Estado cruzaram os braços. A categoria cobra reajuste na tabela salarial que estaria com seis anos de defasagem.

Diversas mobilizações foram realizadas pelos servidores, sendo que uma delas terminou em conflito com a Polícia Militar. Na ocasião, três servidores foram presos por desacato, porém, o Sindicato dos Servidores do Detran (Sinetran) reclamou que os policiais militares agiram com truculência com os servidores.

A greve foi parar na justiça, que negou a ilegalidade da paralisação, porém autorizou o Governo do Estado a cortar o ponto dos servidores. Apesar disso, a greve permanece.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,2612
Euro 3,8489
17/11 16:05

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo