Alta Floresta (MT), 23 de novembro de 2017 - 06:43

Esporte

28/11/2016 07:54 Marcio Camilo | Seduc/Sael-MT

Mato Grosso conquista nove medalhas nas Paralimpíadas Escolares

A delegação de Mato Grosso conquistou nove medalhas nas Paralimpíadas Escolares em São Paulo, disputadas entre os dias 22 e 25 deste mês, no Centro de Treinamento Paralímpico, na capital paulista. Ao todo, foram quatro ouros e cinco bronzes. O resultado fez o Estado ficar na 11ª colocação dos jogos, entre os 25 estados que participaram da competição.

No atletismo, a estudante Amanda da Silva (12 anos) da cidade de Paranatinga foi o grande destaque ao conquistar três medalhas de ouro, nas provas de arremesso de peso, arremesso de pelota e 100 metros rasos.

Também de Paranatinga, o estudante Marcos do Amaral (14 anos) faturou medalha de ouro no tênis de mesa. Outra conquista no tênis de mesa veio com a estudante Samara Pinho (15 anos) de Cuiabá, que ganhou dois bronzes na disputa individual e por equipes.

Mato Grosso também medalhou no judô, com a estudante Greise Elen (17 anos) da cidade de Itaúba que conquistou a medalha de bronze na categoria até 52 quilos. No tênis de campo em cadeira de rodas, a dupla mato-grossense, Emanuel Jesus (15 anos), de Várzea Grande, e Fernando Bezerra, de Cuiabá, ficou com a medalha de bronze.

Para o superintendente de Políticas Esportivas da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc/Sael), Mário Marcio Pecora, a colocação de Mato Grosso é extraordinária levando em conta que a delegação contou com apenas 11 atletas. “Ficamos na frente de potências no esporte paralímpico, como Paraná, Espirito Santo e Bahia”, destacou o gestor.

Pecora ressalta que com as conquistas as responsabilidades aumentam, no sentido de fomentar ainda mais o paradesporto em Mato Grosso. “Temos que criar mais políticas públicas e nos jogos do ano que vem a meta é trazer 50 paratletas para que nossa delegação esteja entre as cinco primeiras da competição”, disse.

Ele também frisou que ao levar mais paratletas o estado possibilita que esses jovens consigam o bolsa atleta nacional. “A bolsa é no valor de R$ 950. Além de ajudar nos treinos esse dinheiro também tem um caráter social, pois ajuda no complemento da renda famíliar dos paratletas. Normalmente essa famílias são muito carentes”, enfatizou.
A ida da delegação de Mato Grosso às Paralimpíadas Escolares em São Paulo foi uma articulação do Governo do Estado, por meio da Superintendência de Políticas Esportivas da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc/Sael-MT). Também compõe delegação, o secretário adjunto de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência (da Casa Civil), Marcione Mendes de Pinho.

Mato Grosso participou das paralimpíadas com 11 atletas nas modalidades de tênis de mesa, natação, atletismo, judô e tênis de quadra em cadeira de rodas. Eles vêm das cidades de Cuiabá, Várzea Grande, Paranatinga, Colíder, Santo Antônio do Leverger e Itaúba.

As Paralimpíadas Escolares é uma realização do Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB).


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,2349
Euro 3,8172
22/11 16:20

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo