Alta Floresta (MT), 16 de dezembro de 2017 - 18:02

Economia

29/11/2017 05:10

Devoluções de cheques têm queda expressiva em MT

O percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos no mês de outubro, em Mato Grosso, atingiu 1,97% sobre o total de cheques compensados, segundo o Indicador Serasa Experian de Cheques Sem Fundos. O saldo mensal representa uma expressiva redução na comparação com igual momento do ano passado, quando o volume de cheques sem fundos representava 3,13% do total compensado. O recuo é de 1,16 pontos percentuais (p.p.), ou de 37% no período. 

Essa retração no volume de devoluções significa dizer que no mês passado de cada 100 cheques compensados, menos de dois deles não tinham fundos e não foram honrados. Nesse mesmo comparativo em relação a outubro de 2016, pouco mais de três cheques não foram pagos por falta de saldo nas contas dos emitentes. 

Apesar da queda de outubro, Mato Grosso ainda registra acumulado de devoluções acima da média nacional nesse ano. Conforme dados divulgados ontem pela Serasa Experian, de janeiro a outubro a porcentagem de cheques devolvidos é de 2,32% bem acima da média nacional, que fecha o período com 2,01% de devoluções. 

No Centro-Oeste, Mato Grosso é o terceiro no índice de devoluções nos últimos dez meses. Dos quatro estados que formam a região, o Distrito Federal lidera o ranking regional com 3,27% de devoluções acumuladas no ano, seguido por Goiás, com 2,47%, Mato Grosso, com 2,32% e por fim, assim como no mês passado, Mato Grosso do Sul tem o menor índice de cheques sem fundos do Centro-Oeste com 2,22%. A região acumula 2,52% em devoluções em relação aos compensados. 

Segundo os economistas da Serasa Experian, a recuperação da renda real dos consumidores com a queda da inflação e com a retomada, ainda que gradual, do nível de emprego, tem contribuído para a redução da inadimplência com cheques. 

Apesar da realidade econômica do país, o Banco Central destaca que entre março de 2005 a outubro de 2017, o número de cheques processados mensalmente caiu de 170 milhões para 42 milhões, ou seja, redução de 75% no uso desse tipo de documento como meio de pagamento. 

DADOS - O percentual de devoluções de cheques pela segunda vez por insuficiência de fundos no mês de outubro foi de 1,80% no país, índice que também sofreu queda em relação ao mesmo período do ano anterior, quando registraram-se 2,52% de devoluções. Para o mês de outubro, o percentual é o menor desde 2010, quando o número era de 1,56%. 

No acumulado do ano, de janeiro a outubro, a porcentagem de cheques devolvidos no país, em relação aos compensados, foi de 2,01%, menor que a devolução de 2,36% registrada no mesmo período de 2016. É o menor número para o período desde 2013, quando o percentual também foi de 2,01%. 

Em outubro, foram 761.812 cheques devolvidos e 42.335.890 cheques compensados. O mesmo período do ano anterior totalizou 1.204.402 cheques devolvidos e 47.802.370 cheques compensados. No acumulado do ano, de janeiro a outubro, foram 8.341.495 cheques devolvidos e 414.847.761 compensados. 

De janeiro a setembro de 2017, entre as regiões do país, a liderança de devoluções foi da região Nordeste, com 3,94% de cheques devolvidos. O Sul apresentou o menor percentual de devoluções no período, 1,67%. 

Entre os estados, o Amapá segue na liderança do ranking de cheques sem fundos entre janeiro e setembro de 2017: foram 15,81% de cheques devolvidos. Na outra ponta, São Paulo teve o menor percentual de devoluções, 1,60%. 


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 3,308
Euro 3,8889
15/12 16:35

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo