Alta Floresta (MT), 21 de setembro de 2018 - 04:03

Cultura

25/06/2018 06:59 Assessoria

XI Edição do Seminário de Cultura será realizado em julho em Alta Floresta

Nos próximos dias 6 e 7 de julho, acontecerá em Alta Floresta a XI edição do Seminário de Cultura de Alta Floresta. O evento, que mais uma vez está sendo organizado pelo Teatro Experimental de Alta Floresta e que possui apoio do Governo Federal e do Governo do Estado de Mato Grosso, através do projeto Ponto de Cultura Espaço Cultural TEAF, contará com a participação de palestrantes de Cuiabá, Primavera do Leste e de Alta Floresta. A participação no Seminário é totalmente gratuita.

O seminário, criado em 2004 pela então Associação Alta-florestense de Teatro (ATE), tinha o intuito de torná-lo um espaço para atender as demandas relacionados à cultura em Alta Floresta e no Território da Amazônia Mato-grossense. Com o fim da associação, o Teatro Experimental de Alta Floresta (TEAF) tomou para si a missão de continuar a realizar o seminário e manteve o seu objetivo de ser um espaço agregador de forças para estudar e compreender a formação cultural da nossa sociedade; propor reflexões e alternativas nas áreas de gestão pública de cultura; estímulo a reflexão, organização e fortalecimento de grupos artísticos e culturais; e, na medida do possível, proporcionar o encontro e a articulação entre gestores públicos de cultura do território.

“Até o ano de 2013, foram realizadas dez edições com discussões de diversos temas, com a participação de palestrantes de várias localidades e áreas do conhecimento. Agora, neste ano de 2018, quando o TEAF comemora 30 anos de sua fundação, decidimos por retomar o evento e realizaremos o XI Seminário de Cultura”, diz Ronaldo Adriano, coordenador da atividade.

O Seminário é um evento realizado com parcerias e colaborações, onde o papel do TEAF é de criar condições para o encontro com artistas, pesquisadores e estudiosos em diferentes áreas e, assim, proporcionar ao público local momentos de discussão e reflexões acerca de temas relevantes.

“Esta edição faz parte das ações do projeto do Ponto de Cultura Espaço Cultural TEAF, no qual um dos objetivos foi a execução de atividades voltadas a organização, identificação e preservação da Memória do TEAF. A história do grupo se confunde com a da própria cidade, hoje com 42 de fundação, e por isso propusemos a discussão do tema ‘Arte, Memória e Cidade’ para esta edição”, pontua Ronaldo.

E segue: “Sabemos que o momento atual em nosso país, notadamente nos aspectos político e econômico, revelam cenários preocupantes e não raro criminalizam-se minorias e a própria arte. No fundo, sempre houve uma luta constante e de enfrentamento de uma lógica marginalizante da arte, de movimentos culturais, movimentos sociais e outras minorias em benefício de forças conservadoras e reacionárias. Na contraposição – ou na interface disso – temos a arte operando em frestas e espaços construídos e/ou conquistados graças a uma teimosia sem fim. Daí propormos a discussão sobre a arte no contexto da cidade, o papel de territórios de arte (pontos de cultura, galerias, teatros, eventos etc.), de políticas públicas e de grupos, artistas e espaços para manifestações culturais. Quais desafios e como enfrentá-los na contemporaneidade? E, sobretudo, trazemos ao debate a importância que a atualidade dá às resistências artísticas e culturais”.

Para resistirmos nos parece essencial olharmos para a memória e reconhecermos seu papel e importância para a cidade. Em que medida o negligenciar da memória local não acaba por produzir o adubo nutridor da realidade atual? Haveria alguma relação?

Nesta perspectiva, de olhar a cidade e nos vermos – enquanto grupo – como parte desta coletividade, o TEAF compartilhará como tem buscado lidar com seus 30 anos de fundação e como os atuais membros do Grupo têm feito e pensando em relação à própria memória do grupo.

Programação do XI Seminário de Cultura
Dia 06 de julho (sexta-feira)
19h30 – Abertura do XI Seminário de Cultura
19h45 - Mesa 1 – Arte, Cidade e Memória
Palestrantes: Douglas Peron (mestrando do ECCO – Cuiabá/MT), Robson Quintino (Superintendente de Turismo do Estado de Mato Grosso – Cuiabá/MT) e Fernando Santos (Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso – Cuiabá/MT)


21h15 - Mesa 2 - Territórios de Arte e Cultura
Palestrantes: Cínthia Mattos (Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso – Cuiabá/MT), Wanderson Lana (Secretário de Cultura de Primavera do Leste e Fundador do Grupo Faces de Teatro – Primavera do Leste/MT) e Wesley Ramos (Coletivo Barracão de Flores – Alta Floresta/MT).


Dia 07 de julho (sábado)
08h - Mesa 3 – Arte, Resistência e os Desafios da Contemporaneidade
Palestrantes: Maria Oseia Bier (Professora do Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Alta Floresta),  Eduardo Machado (Professor do Instituto Federal de Mato Grosso – Campus Alta Floresta) e Luciano Carneiro Alves (Historiador e produtor cultural, doutorando em Estudos de Cultura Contemporânea pela UFMT)

9h45 - Mesa 4 - Reflexões e os Desafios do TEAF na Preservação de Sua Memória
Palestrantes: Ronaldo Adriano e Gean Nunes (membros do Teatro Experimental de Alta Floresta/MT)


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar 4,1463
Euro 4,8405
30/08 18:14

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo