Alta Floresta (MT), 16 de outubro de 2018 - 23:26

Cidades

08/10/2018 12:59 Assessoria

Projeto que valoriza cadeias socioprodutivas será desenvolvido em Alta Floresta e mais 5 municípios

O projeto Redes Socioprodutivas é uma iniciativa do Instituto Centro de Vida apoiado pelo Fundo Amazônia/BNDES. Iniciado em janeiro de 2018 possui previsão de execução de 30 meses e foco em 6 cadeias socioprodutivas – Castanha, Babaçu, Hortifrutigranjeiros, Leite, Cacau e Café.

A iniciativa atuará diretamente com associações e cooperativas de agricultores familiares distribuídos nos municípios do Norte (Alta Floresta, Paranaíta, Nova Monte Verde e Nova Bandeirantes) e Noroeste (Cotriguaçu e Colniza) em Mato grosso.  

As associações e cooperativas parceiras da proposta já atuam nas cadeias produtivas prioritárias para o projeto, e estão em estágio de potencializar sua produção e de realizar ações em rede, buscando encontrar soluções para desafios cotidianos. Assim, as atividades do projeto estão vinculadas às diferentes etapas das cadeias (da produção ao consumo), no fortalecimento da gestão das organizações envolvidas, no incentivo a pesquisa e políticas públicas.

O objetivo é que os grupos comunitários e suas práticas de produção sustentável sejam fortalecidos contribuindo na melhoria de vida dos agricultores e na manutenção das florestas. Ou seja, o projeto visa garantir que as atividades produtivas que mantém a floresta em pé tenham atratividade econômica e social para os agricultores familiares.

Estratégias de atuação:

As atividades serão executadas em duas frentes: uma voltada para a produção extrativista, com o babaçu e a castanha-do-Brasil e outra voltada a produção agropecuária, com hortifrutigranjeiros, cacau, café e leite.

São propostas quatro frentes ações:

  • Produção
  • Beneficiamento e Comercialização
  • Construção de Conhecimento e Fortalecimento dos Ativos Sociais
  • Consumo

O projeto desenvolverá junto aos agricultores, práticas de produção a fim de possibilitar a melhoria na produtividade e qualidade dos produtos, fornecendo apoio na organização da produção e restauração de áreas degradadas. Ademais, serão realizadas capacitações técnicas e sobre gestão organizacional para os agricultores, dias de campo e intercâmbios. Dessa forma, fortalecendo a formação técnica e de liderança, e o diálogo e governança das cadeias produtivas buscando soluções para os gargalos das cadeias.

O projeto também foca na implantação e/ou reestruturação de unidades de armazenamento e beneficiamento das cadeias apoiadas  e estruturação de arranjos comerciais e planos de negócio, com investimentos e assessoria às associações e cooperativas.

Por fim, visando contribuir na promoção dessas cadeias e produtos, o projeto apoiará o marketing e rodadas de negócio com os consumidores e demais elos da cadeia..

Todas as ações do projeto são construídas junto com os agricultores familiares e organizações parceiras.

O resultado esperado é contribuir para que as regiões abrangidas pelas ações do projeto, sejam reconhecidas como territórios de produção de qualidade advinda de organizações da agricultura familiar e livre de desmatamento.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo