Alta Floresta (MT), 22 de outubro de 2017 - 07:44

Cidades

12/01/2017 05:32 José Vieira do Nascimento - Jornal MT Norte

Falta de adequação em projeto de Segurança contra Incêndio atrasa conclusão da UPA em Alta Floresta

A obra da Unidade de Pronto Atendimento-UPA- de Alta Floresta, que começou a ser construída em 14 de maio de 2012, ainda no segundo mandato da ex-prefeita Maria Izaura, deveria ficar pronta num prazo de 240 dias. No entanto, não tem data de quando estará concluída.

Atualmente, encontra-se paralisada. E para ser retomada, precisa da liberação do projeto de Segurança contra Incêndio e de aporte de recurso. 

O secretário de Saúde de Alta Floresta, José Luiz Teixeira, afirmou que a obra está paralisada desde 2015. “Quando eu assumi a secretaria de Saúde fiz um levantamento da situação da obra. Constatei que para sua retomada seria necessário primeiro o projeto de Segurança contra Incêndio”, justificou.


Constamos irregularidades e agora estamos aguardando o mesmo com as correções, para verificarmos se está em conformidade com a Legislação para darmos o ok”, assegurou o 2º tenente Lucas.

De acordo com ele, a prefeitura contratou um engenheiro para fazer o projeto e está esperando que o mesmo seja liberado pelo Corpo de Bombeiro, para a prefeitura retomar a obra.

“Dependemos da liberação do Corpo de Bombeiro. O projeto de Segurança contra Incêndio é muito complicado. Será necessário a instalação de tubulação e equipamentos de acordo com as normas de segurança. Se a obra tivesse sequência sem obedecer o projeto de Segurança contra Incêndio, teríamos que quebrar depois para colocar o que fosse necessário”para adequá-la, explica José Luiz.

O 2º tenente Lucas, chefe da SSLIP- Seção de Segurança contra Incêndio e Pânico- do Corpo de Bombeiros de Alta Floresta, disse à Mato Grosso do Norte, que o projeto foi encaminhado para o Corpo de Bombeiro há mais de um ano. Entretanto, houve conflito de informação na parte de documentos e ainda faltam alguns itens para serem atendidos.

“O projeto é muito complexo e contém muitos itens que precisam ser analisados criteriosamente. Constamos irregularidades e agora estamos aguardando o mesmo com as correções, para verificarmos se está em conformidade com a Legislação para darmos o ok”, assegurou o 2º tenente Lucas.

A partir do momento que o Corpo de Bombeiro receber novamente o projeto de Segurança contra Incêndio, segundo o tenente Lucas, o prazo para ser analisado é de 30 dias. Todavia, disse que, como o projeto é urgente, será tratado com prioridade.

Quando o projeto de Segurança contra Incêndio ser aprovado, José Luiz disse que a prefeitura fará um aditivo para a empreiteira retomar a obra. “O prédio está praticamente pronto. Faltam a instalação elétrica, portas, janelas, cerâmica e pintura”, observa.

O valor de recursos federais destinado a construção da UPA, é de R$1 milhão, 706 mil, 758 reais e 4 centavos. Deste total, o governo federal já repassou para o município, conforme José Luiz, cerca de R$ 1 milhão e 300 mil.  “Tem um saldo de R$ 350 mil no Ministério da Saúde, mas não sabemos se este valor será suficiente para terminar a obra”, observa.

O secretário acredita que será necessário a prefeitura fazer um aporte de recurso para que a obra possa ser retomada.

Depois que a UPA estiver com sua estrutura pronta, de acordo com José Luiz Teixeira, será necessário, no mínimo R$ 1 milhão para equipá-la e deixá-la pronta para funcionar e atender a população. 


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo