Alta Floresta (MT), 18 de fevereiro de 2019 - 08:51

Agronegócios

05/02/2019 13:55 Ascom Famato

Jovens produtores rurais de Sorriso e Nova Canaã do Norte dão exemplo de gestão

As propriedades rurais Santa Ernestina, de Sorriso, e Gamada, de Nova Canaã do Norte, ficaram entre os destaques da 4º edição do Prêmio Sistema Famato em Campo de 2018. Ambas as fazendas são geridas por jovens produtores que estão dando exemplo no trabalho desenvolvido com qualidade, produtividade e rentabilidade. Nesta matéria, vamos contar um pouco da história desses dois cases de sucesso.

A fazenda Santa Ernestina é considerada uma empresa rural familiar, administrada por três jovens produtores: Cleyton Sheiki Tessaro, 37, Odemio Júnior, 39, e Janaína Tessaro, 35. Os irmãos seguiram o exemplo do avô, que foi o pioneiro e abriu a fazenda e do pai, Odemio Tessaro, um apaixonado pelo campo. A propriedade foi premiada com o troféu “Destaque Regional” da região médio-norte do estado. Ficou entre as seis finalistas da 4º edição do Prêmio Sistema Famato em Campo que aconteceu no final do ano passado.

A principal atividade da fazenda Santa Ernestina é a agricultura (soja e milho). Atualmente, são 2 mil hectares para a soja e 1,7 mil ha para o milho. Também há uma área de 15 ha de lâmina d’água que está arrendada para a piscicultura, que também contribui para a geração de renda na propriedade. Em 2018, os irmãos deixaram de plantar 300 hectares de milho para produzir braquiária e, com isso, aumentar a matéria orgânica nessa área, pensando na estruturação e melhoria do solo.

Cleyton Tessaro disse que ele e os irmãos sempre estão em busca de novos conhecimento e tecnologias. Ele acredita que uma boa gestão se faz com ferramentas inovadoras e por isso implantaram no escritório da fazenda softwares específicos, planilhas eletrônicas, assessoria contábil e agronômica na parte de manejo e meteorologia.

Os proprietários defendem e trabalham pela perpetuação e continuidade do negócio familiar e, por isso, apostam no planejamento sucessório utilizando uma holding. “Trabalhamos em família e queremos proteger o patrimônio adquirido com os esforços do nosso patriarca”, disse Cleyton.

Os jovens produtores começaram a plantar em 2010, inicialmente em 200 ha. O restante da área da fazenda estava arrendada para plantio de algodão desde 2003. Durante três anos, os lucros das colheitas e do arrendamento foram investidos em maquinários. Em 2013, a área voltou totalmente para as atividades da família. Aqueles que desejam conhecer uma propriedade em que o espírito do 5S japonês está arraigado desde os seus fundadores, a Fazenda Santa Ernestina é uma ótima dica, pois mantém tudo sempre muito organizado, limpo e conservado.

Nova Canaã – A fazenda Gamada, localizada em Nova Canaã do Norte, é tocada pelo jovem produtor Daniel Wolf, de 35 anos, filho do produtor rural e fundador Mário Wolf. São três fazendas da família, mas a Gamada é considerada a central. Daniel é bacharel em Administração, possui cursos de gestão de empresas e desenvolvimento pessoal.

Na fazenda há um forte investimento em Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF) e também na indústria de nutrição animal (Fábrica Fortuna). São 730 hectares de soja, 233 ha de milho, 10 hectares de Teca, 515 ha de pastagem e confinamento com 500 animais. 

Há 24 anos a fazenda Gamada faz inseminação nos animais, sendo considerada pioneira na região. Depois de 13 anos, começaram a trabalhar com a Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF) e também foram os desbravadores da soja e armazenamento em Nova Canaã do Norte.

Daniel atua mais na parte administrativa da fazenda. Já inovou nas áreas econômicas e de recursos humanos. Ele fez uma implementação de gestão, tomada de decisões e planejamentos estratégicos. Um profissional habilitado de consultoria promove periodicamente visitas técnicas na propriedade.

Daniel tem orgulho de contar que a porteira da fazenda é aberta para eventos educativos, dias de campo, treinamentos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MT), eventos exclusivos para vaqueiros e capatazes, programas de estágio, entre outras atividades ligadas ao conhecimento. “Temos uma parceria consolidada com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Instituto Federal de Educação de Mato Grosso (IFMT), Embrapa e outros, que nos auxiliam nessa troca de experiências”, contou.

Daniel e Mario Wolf comprovaram nesta 4ª edição do Prêmio Sistema Famato em Campo como a parceria entre pai e filho é a chave para a sucessão familiar.

As fazendas Santa Ernestina e Gamada receberam o troféu “Destaque Regional” da região médio-norte e norte de Mato Grosso, também ganharam uma placa de reconhecimento que para ser fixada nas dependências da propriedade.

A premiação aconteceu no dia 8 de novembro de 2018, no auditório da Famato, em Cuiabá. O Prêmio Sistema Famato em Campo é uma idealização da Famato, Senar-MT, Imea e Sindicatos Rurais. Tem o apoio da Aprosoja-MT, Acrimat, Ampa, IMAmt, IAS, Acrismat e Aprosmat.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo