Alta Floresta (MT), 18 de outubro de 2018 - 12:10

Agronegócios

09/01/2018 05:34 Editoria Notícia Exata com Assessoria

Censo Agro: mais de 56% dos estabelecimentos agropecuários de Mato Grosso já foram recenseados

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou na última sexta-feira (05/01), na sede da Unidade Estadual, o balanço da coleta do Censo Agropecuário em Mato Grosso.Até o dia 4 de janeiro de 2018, foram coletados 64.346 questionários, que representam 56,7% da estimativa (atualizada em 17/12/2017) de 113.459 estabelecimentos agropecuários no estado.

A divulgação do balanço do Censo Agro foi feita por Millane Chaves, chefe da Unidade Estadual do IBGE. O evento contou com a presença de representantes de entidades públicas, como a Prefeitura de Cuiabá e a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), além de jornalistas de importantes veículos de comunicação do estado.

O último Censo Agropecuário foi realizado há cerca de dez anos (2006/07). Entre a realização do último Censo e o atual, os dados foram coletados por meio de levantamentos sistemáticos e informações de registros administrativos, que não representam o universo (total) dos informantes rurais. O Censo Agro 2017 garantirá a cobertura de toda a extensão territorial do estado e o levantamento com todos os informantes. Os resultados representarão a realidade atual do campo por meio da coleta presencial.

Esse balanço do Censo Agropecuário tem como objetivo apresentar a estrutura e a logística da coleta, além de prevenir e reverter possíveis recusas de prestação de informações. Ademais, o balanço também é usado para anunciar a organização das Comissões Municipais de Geografia e Estatística (CMGEs), que foram instaladas nos 141 municípios de Mato Grosso, assim como o importante papel das parcerias com as Prefeituras, Câmaras Municipais, Assembleia Legislativa, sociedade civil e organizada, sindicatos e associações de produtores rurais.

Destaques do balanço do Censo Agro no estado

▪ Mato Grosso atingiu a marca de 50% da coleta no fim de dezembro de 2017, três meses após o início da coleta (outubro). Em média, o Brasil alcançou 50% da coleta no fim de novembro, após dois meses de coleta;

▪ Os principais motivos para o atraso na coleta em Mato Grosso foram os seguintes: o primeiro processo seletivo para recenseadores não completou o quadro total de 600 vagas; as peculiaridades do estado, tais como extensão territorial, período intenso de chuvas, áreas de difícil acesso etc.;

▪ Já foram coletados 64.346 questionários (até 04/01/2018), que representam 55,3% do total de 116.151 estabelecimentos previstos inicialmente;

▪ Em relação à estimativa revisada em 17/12/17, já foram coletados 56,7% do total. A estimativa foi atualizada para 113.459 unidades agropecuárias em Mato Grosso;

▪ A revisão da estimativa do número de estabelecimentos agropecuários no estado já demonstra os resultados da identificação da dinâmica agropecuária nos três primeiros meses da coleta do Censo Agro.

O período de referência utilizado pelo Censo Agro vai de 1º de outubro de 2016 a 30 de setembro de 2017, o que coincide com o calendário agrícola da última safra colhida em Mato Grosso (2016/17). Para o efetivo de trabalhadores, animais e área, a data de referência é 30 de setembro de 2017.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00

Notícia Exata © 2010 - 2018 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo