Alta Floresta (MT), 22 de outubro de 2017 - 11:07

Agronegócios

28/09/2017 14:31 Assessoria

Centro-Oeste concentra 34,4% do rebanho bovino do país

Em 2016, o efetivo de bovinos no país era de 218,23 milhões de cabeças, com alta de 1,4% em relação a 2015. O Centro-Oeste continuou a liderar, com 34,4% do total nacional e crescimento de 3,3% em relação a 2015. Mato Grosso tinha o maior rebanho bovino, com 30,30 milhões de cabeças de gado (ou 13,9% do total brasileiro) e alta de 3,2% em relação a 2015.

Entre os municípios, os líderes em gado bovino foram São Félix do Xingu (PA), Corumbá (MS) e Ribas do Rio Pardo (MS). Já o número de vacas ordenhadas recuou 6,8% chegando a 19,67 milhões, ou 9,0% do total de bovinos do país.

A produção brasileira de leite em 2016 foi de 33,62 bilhões de litros, com retração de 2,9% em relação a 2015. Minas Gerais continua sendo o maior produtor, com 8,97 bilhões de litros ou 26,7% da produção nacional. Mas entre os municípios a liderança era de Castro, no Paraná, que alcançou 255,00 milhões de litros. A comparação entre os dados da Pesquisa da Pecuária Municipal (PPM) e da Pesquisa Trimestral do Leite mostra 31% do leite produzido no país não passaram por inspeção sanitária.

O efetivo de suínos foi de 39,95 milhões em 2016, com alta de 0,4% em relação a 2015. Paraná (17,9%) e Santa Catarina (17,2%) tinham as maiores participações no rebanho nacional de suínos e Toledo (PR) foi o município com o maior efetivo.

A produção de peixes provenientes da aquicultura no país foi de 507,12 mil toneladas em 2016, com alta de 4,4% em relação a 2015. Rondônia manteve a primeira posição do ranking, com 90,64 mil toneladas (ou 17,9% da produção nacional) e alta de 7,3% em relação a 2015. Rio Preto da Eva (AM) foi novamente o principal produtor nacional, com 13,38 mil toneladas.

A principal espécie de peixes produzida no país foi a tilápia, com 239,09 mil toneladas, ou 47,1% do total da piscicultura. A produção aumentou 9,3% em relação a 2015. Já a produção de camarão (52,12 mil toneladas), também da aquicultura, teve redução de 26,1% em relação a 2015, causada pelo vírus da mancha branca, que atingiu as criações no Nordeste. O Ceará continua na liderança, respondendo por 48,8% da produção do país. Aracati (CE), o líder em camarões da aquicultura, produziu 7,6 mil toneladas, com queda de 39,5% em relação a 2015.

A PPM contemplou ainda a produção de ostras, vieiras e mexilhões (20,83 mil toneladas) em 2016. Santa Catarina foi o principal produtor, com 97,9% da produção brasileira. Em 2016, houve uma queda de 1,3% na produção no estado, causada pela maré vermelha. Dos 10 principais municípios produtores, nove são catarinenses e Palhoça (SC) é o líder, responsável por 65,7% da produção nacional.

Houve um recuo de 20,4% no efetivo de codornas e uma queda de 28,6% na produção de ovos desta ave, que chegou a 273,3 milhões de dúzias em 2016.

A produção brasileira de mel foi de 39,59 mil toneladas, com alta de 5,1% em relação a 2015. O valor da produção (R$ 470,51 milhões) também teve alta, de 31,5%. 
O município de Ortigueira (PR) foi o maior produtor.

Em 2016, foram produzidas 2,86 mil toneladas de casulos de bicho da seda no país, com redução de 5,0% em relação a 2015. O Paraná detém 83,0% da produção nacional e o município de Nova Esperança (PR) liderou.

A Pesquisa Pecuária Municipal também tem informações sobre bubalinos (búfalos) equinos, caprinos, ovinos, galinhas e ovos de galinhas. A seguir, as principais informações captadas pela pesquisa, cuja publicação completa pode ser acessada aqui.


Novo whats 190Doe313ok

Notícia Exata

Endereço: Rua A-4, nº 412 - Setor A - Centro
Alta Floresta - Mato Grosso
Fone: (66) 9 9912-8992 ou (66) 9 8436-0806
Cep.: 78580-000
contato@noticiaexata.com.br

Redes Sociais

Cotação
Dólar
Euro
31/12 20:00

Notícia Exata © 2010 - Todos os direitos reservados - É proibida a reprodução de matérias sem ser citada a fonte.

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo